publicidade

ESPETÁCULO SOLIDÁRIO É SÓ UMA FASE

APOIA VÍTIMAS DE VIOLÊNCIA DOMÉSTICA

Um grupo de jovens atores torrienses entre os 12 e os 18 anos vão subir ao palco do Auditório do Centro Pastoral, em Torres Vedras, para apresentar a peça É SÓ UMA FASE. A iniciativa resulta da parceria entre o Centro Social Paroquial de Torres Vedras e a TEIA – Academia de Teatro, ambas instituições torrienses, e acontece já nos próximos dias 18 e 19 de novembro, às 21h30
e às 17h, respetivamente.

O objetivo é dar a conhecer o GIAV – Gabinete Intermunicipal de Apoio à Vítima e angariar fundos para o seu trabalho continuado no apoio a vítimas de violência doméstica na região Oeste.

Fenómeno complexo e muitas vezes silencioso, a violência doméstica manifesta-se de muitas formas que não apenas a física: podendo ser psicológica, sexual, económica ou social. Diariamente, o GIAV assegura de forma gratuita atendimento social, psicológico e jurídico às vítimas.

Apenas em 2016 foram acompanhadas por este Gabinete 97 vítimas, na sua maioria mulheres.

O GIAV é uma resposta social do Centro Social Paroquial de Torres Vedras (CSPTV), uma instituição torriense com vasto trabalho na área social. De acordo com Ana Isabel, Secretária-Geral do CSPTV, trata-se de uma resposta essencial no território: “o GIAV nasceu em Torres Vedras, mas rapidamente se percebeu que a mesma resposta era necessária em mais Concelhos, onde não existiam Gabinetes locais de apoio à vítima.

Assim, desde 2015, assumimos o desafio de dar uma resposta coordenada, intermunicípios, em nove Concelhos na região”.

É para apoiar esta causa que estarão em palco dezanove jovens torrienses que fazem parte da TEIA – Academia de Teatro, um projeto com Direção Artística de Ana Almeida que se propõe trabalhar com e para a comunidade torriense. Do alto da sua experiência, propõem-se analisar os vários fenómenos associados a cada fase da vida – do surgimento do primeiro dente, ao aparecimento do acne ou ao preenchimento do IRS.

Uma noite imperdível em que a arte será solidária, com muito humor, sarcasmo, drama e comédia à mistura.

A entrada é feita através de um donativo mínimo de 5 Euros. Os bilhetes já estão disponiveis na receção do CSPTV. Podem ainda ser reservados através do email teia.academia.de.teatro@gmail.com ou adquiridos no local nos dias do espetáculo.

Ficha Técnica
Cocriação: Grupo da Oficina de Teatro M [12 aos 18 anos] e Ana Almeida Dramaturgia, Encenação e Direção Artística: Ana Almeida
Intérpretes: Ana Rita Franco, Ana Rita Martins, Beatriz Colares, Catarina Hipólito, Daniel Mouro, Francisco Araújo, Inês Cabeça, Inês Mantas, Joana Marinho, João Soares, Leonor Pires, Luga Silva, Márcia Dias, Margarida Chora, Maria Beatriz Ferreira, Marisa Luz, Matilde Mestre, Sofia Dias e Verónica Luz.
Sonoplastia e operação de som: Ana Maria Ferreira
Texto, cenografia, figurinos e adereços: Grupo da Oficina de Teatro M e Ana Almeida
Promotor: Ana Almeida
Produção: TEIA – Academia de Teatro
Organização e coprodução – Centro Social Paroquial de Torres Vedras
Classificação etária: + 12 anos
Duração aproximada: 80m

cartaz é só uma fase

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here