publicidade

O segundo Granfondo Torres Vedras/Montejunto realiza-se no próximo dia 24 de abril.

Iniciando-se pelas 9h00, na Avenida António Leal d’ Ascenção, em Torres Vedras, a segunda edição deste Granfondo é fruto de uma parceria estabelecida entre a Câmara Municipal de Torres Vedras e a Cabreira Solutions, a qual conta com o apoio dos municípios de Alenquer e Cadaval.

A julgar pelo elevado número de inscrições já efetuadas, esta segunda edição do evento prefigura-se como a de afirmação do mesmo, que tem tudo para ser uma referência internacional, a curto prazo.

Mais de 1.200 participantes de 19 diferentes nacionalidades darão corpo ao pelotão do segundo Granfondo Torres Vedras/Montejunto, o qual percorrerá belas estradas da região Oeste, já de si habituadas a provas de ciclismo, mas, desta feita, com um elevadíssimo número de ciclistas e cicloturistas.

As distâncias preconizadas para este evento pretendem abranger diferentes tipos de praticantes, com idades compreendidas entre os 16 e os 80 anos de idade, estando prevista premiação nos diversos escalões. Este ano, os participantes no Granfondo Torres Vedras/Montejunto têm a opção de escolha entre três distâncias: minifondo, com 65,3 kms (550 mts de acumulado de subida); mediofondo, com 104,8 kms (1.440 mts de acumulado de subida); e granfondo, com 137,5 kms (2.355 mts de desnível positivo). Esta última opção é destinada, basicamente, aos que fazem uso diário da bicicleta e treinam com mais frequência. O espectro competitivo nos vários age-group surge associado às duas distâncias de maior dimensão quilométrica e altimétrica.

Os familiares e amigos que acompanham os atletas terão a possibilidade de fazer uma caminhada que lhes permitirá calcorrear as zonas mais emblemáticas da cidade de Torres Vedras e conhecer a terra natal de Joaquim Agostinho, entre outros locais. Como alternativa, terão sempre a possibilidade de usufruírem das carismáticas “Agostinhas” para um agradável passeio de bicicleta pelas ruas e ciclovias da cidade de Torres Vedras.

Para além de ser possível “transporem” as históricas Linhas de Torres, os “invasores” que participarem no segundo Granfondo Torres Vedras/Montejunto serão, por certo, bem recebidos no território onde se realizará esta iniciativa lúdico-desportiva, no qual se verifica, saliente-se, uma forte ligação ao ciclismo. Uma lindíssima costa atlântica, belas paisagens rurais, magníficas condições de alojamento e excelente gastronomia – de que se destaca o delicioso pastel de feijão e os refrescantes vinhos da região – são proporcionados aos participantes nas provas do evento e respetivas famílias.

Os três percursos do segundo Granfondo Torres Vedras/Montejunto passarão obrigatoriamente pela Serra de Montejunto, o que acrescentará tanto de dureza como de beleza natural aos mesmos. No concelho do Cadaval, os participantes passarão junto do Castro de Pragança, cuja ocupação humana remonta à pré-história. Na terra de Damião de Góis, no concelho de Alenquer, percorrerão carismáticas estradas que ladeiam quintas históricas e vinhedos. Os moinhos de vento também se avistarão nas paisagens, embelezadas por elementos da fauna e flora caraterísticas da região Oeste.

Sendo objetivo do evento a promoção de estilos de vida saudáveis e o respeito pelo ambiente, está previsto, no âmbito da realização da segunda edição do Granfondo Torres Vedras/Montejunto, o cumprimento de um plano de sustentabilidade (materializado pela chancela “Pegada Positiva”), por meio do qual serão inclusivamente premiados os participantes com práticas exemplares de respeito pelo ambiente e pelo próximo.

Mais informação sobre o Granfondo Torres Vedras/Montejunto pode ser obtida no respetivo site.

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here