publicidade

O recinto exterior ao Pavilhão da Expotorres voltou a encher-se com milhares de visitantes que – desta vez sob um céu que nos poupou da sua chuva -, assistiram a mais um grande espectáculo de freestyle no âmbito do aniversário do Moto Clube de Torres Vedras.

Pedro Sousa, no Trial, foi quem deu o “pontapé de saída” desta noite. Um lanço de escadas, várias rampas e um jipe compunham o circuito de obstáculos que o piloto percorreu vezes e vezes sem conta, para gáudio do público. E como se estes não bastassem, tudo servia para praticar as inacreditáveis acrobacias: pilaretes, passeios e, como não podia deixar de ser, a pista montada para o efeito.

A noite mais longa do aniversário do Moto Clube torriense

O senhor que se seguiu foi o incontornável Paulo Martinho. Os que nunca tinham assistido ao espectáculo do piloto – considerado o melhor português da modalidade -, depressa ficaram a entender o porquê desse “rótulo”.

Foi com quatro motas e um singular carro de cross que se voltou a apresentar na pista, onde houve tempo para um pouco de tudo: dos típicos “cavalinhos” aos círculos em fogo que desenhou na pista, passando por manobras que apresentou descalço… apenas de meias. Um autêntico espectáculo que, por tantas vezes, fez suster o fôlego de quem assistia (e de quem se atrevia a registar o momento…).

A noite mais longa do aniversário do Moto Clube torriense

The Speaker, de microfone em punho e monociclo nas pernas, foi, de facto, o speaker deste espectáculo, e arrancou múltiplas gargalhadas do público.

No final da actuação, Paulo Martinho fez com que as milhares de pessoas que compunham a assistência o seguissem até ao interior do Pavilhão da Expotorres. Por lá, já estavam em palco os Attitude, a banda torriense que também assinala este ano os seus 25 anos, e que dava início a um concerto “com muita energia, muito power e muito rock.” A vista do palco, no início do concerto, já era arrebatadora.

A noite mais longa do aniversário do Moto Clube torriense

O clima de festejo que se respira no seio dos membros do Moto Clube torriense é contagiante. Os visitantes que chegaram de todo o país, ao longo do dia, trazem estampado no rosto aquele que é o verdadeiro espírito do motociclismo e mostram-no a todos, com orgulho.

É desse espírito, que se alastra a todos quanto se dirigem à Expotorres, que se faz a última noite de festa do Moto Clube de Torres Vedras, que segue agora com o DJ Ricardo F. até bem perto das 03h.

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here