publicidade

Na origem deste teatro de Elmano Sancho “encontra-se o assassino em série norte-americano Ted Bundy (1946-1989) — ou, mais exatamente, as semelhanças físicas entre este homem e Elmano Sancho.

A Ultima Estação vai passar pelo palco do Teatro-Cine de Torres Vedras no próximo dia 22 de fevereiro, pelas 21h30.

Na origem deste teatro de Elmano Sancho “encontra-se o assassino em série norte-americano Ted Bundy (1946-1989) — ou, mais exatamente, as semelhanças físicas entre este homem e Elmano Sancho. Da mesma forma que Bernard-Marie Koltès ficou obcecado pelo rosto de Roberto Succo, quando viu uma foto sua no metro de Paris, também o ator e autor português se lançou a investigar a vida de Ted Bundy, que matou mais de 35 mulheres. 

A dada altura, Elmano Sancho guardou o retrato do assassino junto às suas próprias fotografias, até que um dia alguém confundiu o seu rosto com o do criminoso. Foi esse o ponto de partida para uma reflexão sobre a violência e o desejo de transgressão na vida e na arte. A Última Estação interpela o conceito de dibukk, que na mitologia judaica representa o espírito ou o demónio que habita o corpo de cada um de nós, e apresenta a estrutura da Via Crúcis, as estações da Paixão de Cristo: a condenação à morte anunciada abre caminho a uma via dolorosa que culmina na inumação, mas que aspira à ressurreição, a XV e última estação”.

O preço dos bilhetes para se assistir a A Última Estação no Teatro-Cine de Torres Vedras é de €5.

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here