publicidade

No âmbito do projeto “LIFE LxAquila – Rede de custódia pela conservação das águias-de-bonelli peri-urbanas”, seis turmas do ensino básico e secundário do concelho de Torres Vedras participaram na atividade “Águias e nós”, nos dias 24 e 25 de novembro.

A atividade envolveu 135 alunos da Escola Profissional Agrícola Fernando Barros Leal, da Escola EB 2,3 do Maxial e da Escola Básica de Boavista, que assistiram a sessões de sensibilização sobre a preservação da espécie águia-de-bonelli e de outras aves de rapina.

No segundo trimestre de 2022, os alunos terão a oportunidade de participar na segunda sessão desta atividade, que consistirá numa saída de campo. Estas duas sessões têm como objetivos: dar a conhecer a águia-de-bonelli e as águias que ocorrem em Torres Vedras; dar a conhecer a ecologia destas aves; sensibilizar para a proteção destas aves e do seu habitat; e dar a conhecer a importância das águias nos ecossistemas naturais e na comunidade.

O projeto “LIFE LxAquila”, cofinanciado pelo programa LIFE da União Europeia, pretende juntar comunidades locais, autoridades e especialistas para proteger as águias-perdigueiras (ou águias-de-bonelli) que na Área Metropolitana de Lisboa vivem extraordinariamente perto das pessoas. Este projeto coordenado pela Sociedade Portuguesa para o Estudo das Aves, conta com a parceria de várias entidades públicas e privadas, entre as quais a Câmara Municipal de Torres Vedras.

Os principais objetivos do projeto são: criar uma rede de custódia composta por proprietários de terrenos privados e entidades públicas, que serão guardiões dos valores naturais da região e em particular das águias-de-bonelli; e demonstrar que é possível compatibilizar a conservação de predadores com as atividades humanas.

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here