Adiado acórdão de ex-funcionária da Junta de Arruda que desviou quase 58.000 euros