Altus Continuus protagoniza o primeiro recital da 3.ª edição do Ciclo de Órgão de Torres Vedras
publicidade

No domingo, 7 de outubro, na Igreja da Misericórdia o agrupamento Altus Continuus protagoniza o primeiro recital de longa duração da 3.ª edição do Ciclo de Órgão.

O agrupamento Altus Continuus protagoniza o primeiro recital de longa duração da 3.ª edição do Ciclo de Órgão de Torres Vedras, no dia 7 de outubro, domingo, às 16h00, na Igreja da Misericórdia.

Com um programa de música religiosa, o recital “A Música Religiosa na Europa nos séculos XVII e XVIII” privilegia a música de Charpentier, Monteverdi e Bach.

Abordando a música quer protestante, quer católica, este recital tem como objetivo recriar os ambientes sacros de algumas das principais catedrais europeias. O agrupamento é composto por duas vozes femininas e baixo contínuo que, no caso desta formação, é realizado pelo órgão e violoncelo.

Será realizada uma autêntica praxis histórica sobre a música conventual e das capelas reais de 1700 e 1800.

O III Ciclo de Órgão é composto por três recitais de longa duração, o primeiro realiza-se a 7 de outubro, com um programa de música religiosa interpretado pelo agrupamento Altus Continuus; segue-se o recital Música Barroca em Portugal e Itália: As práticas históricas, no dia 18 de novembro, com Daniel Oliveira no órgão e no baixo-contínuo acompanhado por Marcos Lázaro no violino barroco; terminando com um recital de Natal, no dia 9 de dezembro, protagonizado pelo coro Staccato.

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here