Alunos do concelho de Torres Vedras estão a usufruir de uma
publicidade

O projeto “Primeira Onda” é uma nova atividade curricular proporcionada neste território.

Desde de abril do ano corrente que os alunos do 3.º e 4.º anos de escolaridade de escolas do litoral do Concelho de Torres Vedras têm mais uma atividade curricular no programa – a “Primeira Onda”.

Trata-se de uma nova atividade curricular proporcionada neste território a crianças da União das Freguesias de A dos Cunhados e Maceira e das freguesias da Silveira e S. Pedro da Cadeira, a qual pretende facultar a iniciação à modalidade desportiva de surf bem como sessões de formação acerca do mar nas vertentes ambiental e de segurança.

De acordo com o comunicado da Câmara Municipal de Torres Vedras, as aulas do “Primeira Onda” têm sempre lugar em praias do Concelho de Torres Vedras (Praia da Foz, Praia Azul, Santa Cruz e Santa Rita), “já que devido à consistência do seu mar apresentam excelentes condições para a iniciação à prática do surf“. Os professores que ministram as aulas são experientes e estão equipados com os melhores meios de segurança, além de que, todo o material usado nas mesmas, é totalmente user-friendly (pranchas em espuma) a fim de evitar lesões. Todos os professores do projeto “Primeira Onda” são certificados pela Federação Portuguesa de Surf, “têm anos de experiência nas aulas de iniciação e proporcionam um acompanhamento próximo e profissional dos alunos, garantindo a sua mais completa formação”.

Fornecer uma maior consciencialização sobre os perigos do mar, cidadania e meio ambiente aos mais pequenos para que podem usufruir do mar em segurança, dar a conhecer conceitos de ecologia marinha, educação ambiental e cidadania e aumentar o número de praticantes de desportos náuticos, são objetivos deste projeto.

O “Primeira Onda” é coordenado pela Câmara Municipal de Torres Vedras e tem como parceiros os agrupamentos de escolas S. Gonçalo e Vítor Melícias, a Associação Sealand Santa Cruz e as escolas de surf locais. Integra-se no projeto “EcoMar” e é financiado pelo Portugal 2020/Mar2020 por meio do Fundo Europeu dos Assuntos Marítimos e das Pescas.

Este ano as respetivas aulas tiveram início em abril, prolongando-se até junho, serão retomadas em setembro e outubro e, posteriormente, de março a junho.

publicidade

Artigo anteriorOito detidos por corrupção com certificados de motoristas de veículos descaracterizados
Próximo artigoPraias de Torres Vedras com vigilância balnear através de parapente no verão
Joana Timóteo
Nasci em Torres Vedras a 25 Fevereiro de 1996. Apaixonada pela comunicação e pelo jornalismo Licenciada em Comunicação e Jornalismo pela Universidade Lusófona, encontrei nas minhas raízes o meu primeiro "grande" desafio profissional na minha área!

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui