Antigo Sanatório do Barro: autarquia abre portas ao Ensino Superior
publicidade

A situação do antigo Sanatório do Barro continua a causar inquietação no seio da oposição torriense. Hugo Martins, vereador do PSD, questionou Carlos Bernardes sobre a actual situação do equipamento na última reunião de Câmara, que decorreu ontem em sessão pública na Ponte do Rol. O social-democrata sugeriu que, no futuro, deveria estar em cima da mesa a hipótese de ali se sediar uma instituição do Ensino Superior.

Carlos Bernardes, Presidente da Câmara Municipal de Torres Vedras, avançou que “houve um primeiro diálogo no sentido de podermos resolver a situação patrimonial”, uma vez que o objectivo passa por “poder vir a ter o Hospital do Barro no nosso património.” E mostrou-se disponível para a sugestão avançada por Hugo Martins. “A vertente do Ensino Superior pode ser uma mais-valia para aquele espaço.”

Segundo o edil, a autarquia tem trabalhado em conjunto com o Conselho de Administração do Centro Hospitalar do Oeste (CHO), no sentido de assegurar a segurança e proceder a limpezas no interior do espaço, que se encontra “extremamente degradado”.

Desde Maio do ano passado que o antigo Hospital Dr. José Maria Antunes Júnior se encontra encerrado, com o CHO a assumir os serviços que ali eram prestados. O edifício saiu da alçada do Ministério da Saúde, passando para a propriedade do Ministério das Finanças. Já este ano foi alvo de pilhagens e actos de vandalismo.

publicidade

Artigo anteriorFalta de médicos de família preocupa população na Ponte do Rol
Próximo artigoDolce Furadouro pelas estradas do Montejunto
Rita Alves dos Santos
Jornalista. Natural de Torres Vedras. Licenciada em Ciências da Cultura na Faculdade de Letras da Universidade de Lisboa e Pós-Graduada em Jornalismo Multiplataforma. Mestranda em Jornalismo da Faculdade de Ciências Sociais e Humanas da Universidade Nova de Lisboa.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui