publicidade

A GNR desmantelou uma plantação da canábis e deteve dois, homens de 59 e 64 anos, por tráfico de estupefacientes, em Arruda dos Vinhos, no distrito de Lisboa, foi hoje divulgado.

A plantação foi detetada na quinta-feira na sequência de “um pequeno foco de incêndio no interior de um armazém”, onde os militares constaram “um forte odor a canábis”, explicou a GNR em comunicado.

Segundo a Guarda, os homens produziam canábis no armazém e os militares apreenderam “2.553 pés de canábis (230,5 quilos) em vários estágios de maturação, 7.000 bolachas de sementes de canábis, 15 sacos com cabeças de canábis (16 quilos), 267 lâmpadas de halogéneo para aquecimento, 38 ventoinhas, 66 filtros com tubagem de ventilação, diverso material relacionado com a plantação, germinação, secagem e venda de canábis, dois telemóveis, material informático e 445 euros em numerário.

Os detidos foram constituídos arguidos e serão presentes hoje a primeiro interrogatório no Tribunal Judicial de Vila Franca de Xira, para aplicação das medidas de coação.

publicidade

Artigo anteriorLOURINHÃ: Câmara investe na melhoria do abastecimento de água a Ribamar
Próximo artigoCADAVAL: Cerca de 2.300 vacinas administradas
Agência Lusa
A Lusa é a maior produtora e distribuidora de notícias sobre Portugal e o mundo, em Língua Portuguesa. A Lusa acompanha a atualidade nacional e internacional a cada segundo, e distribui informação em texto, áudio, foto e vídeo. A rede Lusa de correspondentes cobre geograficamente todo o país e está presente em 29 de países do mundo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui