publicidade

A GNR desmantelou uma plantação da canábis e deteve dois, homens de 59 e 64 anos, por tráfico de estupefacientes, em Arruda dos Vinhos, no distrito de Lisboa, foi hoje divulgado.

A plantação foi detetada na quinta-feira na sequência de “um pequeno foco de incêndio no interior de um armazém”, onde os militares constaram “um forte odor a canábis”, explicou a GNR em comunicado.

Segundo a Guarda, os homens produziam canábis no armazém e os militares apreenderam “2.553 pés de canábis (230,5 quilos) em vários estágios de maturação, 7.000 bolachas de sementes de canábis, 15 sacos com cabeças de canábis (16 quilos), 267 lâmpadas de halogéneo para aquecimento, 38 ventoinhas, 66 filtros com tubagem de ventilação, diverso material relacionado com a plantação, germinação, secagem e venda de canábis, dois telemóveis, material informático e 445 euros em numerário.

Os detidos foram constituídos arguidos e serão presentes hoje a primeiro interrogatório no Tribunal Judicial de Vila Franca de Xira, para aplicação das medidas de coação.

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here