Assunção Cristas visitou Feira de São Pedro
publicidade

“A preocupação central da comitiva do CDS-PP em Torres Vedras foi de aferir localmente tudo aquilo que de bom Torres Vedras e a região Oeste já desenvolve, bem como tudo aquilo em que é possível e urgente melhorar”, lê-se em comunicado.

No passado dia 4 de julho a Presidente do CDS-PP, Assunção Cristas, fez uma visita à Feira de São Pedro em Torres Vedras.

Esta visita, organizada pela Concelhia do CDS-PP de Torres Vedras, presidida por
Mariana Marques dos Santos, contou com a presença expressiva de dirigentes nacionais e locais, bem como de outros militantes, representativos de toda a zona
Oeste.

A líder centrista tem acompanhado este evento com regularidade. Este ano o percurso iniciou nas incontornáveis “Tasquinhas”, onde Assunção Cristas fez
questão de degustar uma ou outra iguaria, das muitas, que por lá serviam. Seguiu-se a visita aos pavilhões e aos stands aí representados, bem como aos stands exteriores ao longo das artérias que percorrem o evento.

“A preocupação central da comitiva do CDS-PP em Torres Vedras foi de aferir localmente tudo aquilo que de bom Torres Vedras e a região Oeste já desenvolve, bem como tudo aquilo em que é possível e urgente melhorar”, lê-se em comunicado.

A Comissão Politica Concelhia do CDS-PP de Torres Vedras reforçou ainda junto de Assunção Cristas, e no rescaldo da visita, algumas das importantes preocupações dos torrienses, quer ao nível da mobilidade referente ao custo dos passes para Lisboa e à Linha do Oeste cuja alteração do traçado é urgente, quer ao nível da saúde referente à ainda parca cobertura de médicos de família e na insuficiente Assistência Hospitalar prestada à comunidade torriense.

O CDS-PP de Torres Vedras considera o balanço desta visita extremamente positivo, pois contribui seguramente para a projeção do evento e do concelho, para além de sensibilizar e projetar junto dos órgãos políticos decisores do partido as maiores dificuldades e desafios com que os empresários e gentes da nossa terra se deparam, podendo assim construir futuramente soluções que vão de encontro às reais necessidades de quem produz e trabalha.

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here