publicidade

*O espaço Autárquicas 2017 é da inteira responsabilidade dos seus autores. O TorresVedrasWeb disponibiliza os seus meios para informação à população do Concelho de Torres Vedras

Torres Vedras e a sinalética

Quem esteja minimamente atento à sinalética de carácter público presente no concelho, seguramente que já notou a profusão de sinais de trânsito que se deparam a transeuntes e automobilistas.

Perguntar-se-á: “Então e isso é mau?”.

De facto, quando por todo o país, geralmente, as pessoas se queixam da falta de indicações e de sinalização adequada, em Torres Vedras, a nosso ver, a situação parece ser diametralmente oposta.

Desde sinais de ambos os lados de uma rua estreita para indicar/assinalar a mesma proibição de virar à esquerda ou à direita, até sinais de trânsito a indicar a proibição de inverter a marcha em vias onde até uma moto teria dificuldade em o fazer, há de tudo um pouco.

Considerando apenas o perímetro da cidade, a pé ou de carro, procurem e facilmente encontrarão várias redundâncias ao nível dos sinais de trânsito. Ao invés, demasiadas ruas e respectivas esquinas carecem de placas toponímicas que nos indiquem onde estamos.

Ora, nem toda a gente tem acesso a GPS…

Perante situações destas, ocorrem-nos dois célebres aforismos: “Tal como à mulher de César, não basta ser honesta, há que o parecer” e “Para bom entendedor, meia palavra basta”. Serão os torrienses bons entendedores? Quanto custará ao município o manifesto exagero na sinalética de trânsito em detrimento de uma adequada sinalética toponímica?

Pedro Bonniz

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.