publicidade

O Chega vai candidatar o antigo autarca da extinta freguesia da Atalaia Renato Henriques à câmara da Lourinhã nas próximas eleições autárquicas, foi hoje anunciado.

Renato Henriques, que é desde setembro coordenador concelhio do Chega na Lourinhã, afirmou à agência Lusa que o seu nome foi proposto pela estrutura local e foi aprovado pela comissão distrital e pela comissão nacional do partido.

O cabeça de lista aceitou o convite por defender que “é preciso dar voz às pessoas que não se reveem na política e que se abstêm de votar, cerca de 12.500 no concelho” e, nesse sentido, quer representar todos os cidadãos comuns.

Renato Henriques, que é o primeiro candidato anunciado neste concelho do distrito de Lisboa para as eleições autárquicas que irão realizar-se no outono, vai concorrer sob o lema “Lourinhã para Todos”.

“Achamos que, neste momento, a câmara não é para todos, quando existem empresas privilegiadas, por exemplo, e, para nós, as pessoas vão estar no centro das preocupações”, justificou.

Para Renato Henriques, é necessário acabar com os vícios da política, que permitem que haja pessoas “que permanecem agarradas ao poder”, criticando o que classificou como um “monarquia” instalada na câmara municipal.

Em relação à resposta à pandemia, o candidato criticou a maioria socialista que governa a câmara da Lourinhã por não ter dado apoios para minimizar os efeitos da covid-19 nas famílias e empresas.

Caso seja eleito, Renato Henriques promete defender a construção do IC11, por considerar que “não é a Estrada Nacional 8-2 que resolve os problemas de acessibilidade ao concelho, que permite escoar produtos ou atrai empresas ao concelho”.

Outras prioridades apontadas pelo candidato são a conclusão das obras para o tratamento de todos os esgotos, a valorização do Rio Grande no seu todo, a redução do Imposto Municipal sobre Imóveis e o apoio à reversão do processo de fusão de freguesias.

O Chega vai ainda apresentar lista à assembleia municipal e às freguesias no concelho da Lourinhã.

Renato Henriques, de 41 anos, é natural do concelho, gestor comercial e frequentou a licenciatura de Economia na Universidade Nova de Lisboa.

No seu percurso político, em 1997 foi candidato à Assembleia de Freguesia da Atalaia como independente pelo CDS-PP.

Nos três mandatos seguintes, integrou o executivo da freguesia, eleito nas listas do PS, partido em que se inscreveu como militante.

Em 2013, integrou a lista à câmara pelo PS, em sexto lugar, mas não chegou a ser eleito.

Entretanto, desfiliou-se do PS e, em 2017, não integrou qualquer lista às eleições autárquicas.

Nas eleições autárquicas de 2017, o PS conquistou ganhou na Lourinhã com maioria absoluta, obtendo quatro mandatos e o PSD três.

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here