publicidade

Tomé Ferreira ganhou uma bolsa de estudos na Alemanha.

O bailarino torriense Tomé Ferreira, de 18 anos, foi premiado com uma bolsa de 3 anos para prosseguir os seus estudos superiores de dança em Munique, na Alemanha. 

Neste mês de abril, Tomé participou no ADAGIO – Encontro Internacional de Dança, tendo conquistado o 1º prémio a solo em Dança Contemporânea com a coreografia “Desilusão” de João Cabaça na categoria sénior (16-21 anos).

Para além da atribuição de Bolsa de Estudos, o bailarino foi ainda distinguido com um Golden Pass que lhe dá acesso direto para o Grand Prix Dance Open America, a realizar-se em Miami no início do próximo mês de Maio. 

De momento, a Associação ESTUFA e a Escola de Dança Movimento estão a angariar fundos para que o Tomé possa realizar o sonho de ser o primeiro bailarino nascido e formado em Torres Vedras a representar a sua região e o país numa competição internacional. 

“A ESTUFA está a contactar empresas e particulares para ajudarem na comparticipação dos custos de deslocação do jovem bailarino. Para tal, de acordo com o orçamento elaborado, a Escola de Dança Movimento precisa de reunir EUR 2.260,00:

  • 1.000 eur – viagem USA
  • 500 eur – estadia hotel Miami (5 dias) 
  • 250 eur – alimentação (5 dias)
  • 210 eur – inscrições 2 solos competição
  • 300 eur – transfers (taxis aeroporto – hotel – competição)

Qualquer empresa ou pessoa pode enviar donativo para a Associação ESTUFA para o NIB 0033.0000.45428575511.05 com o descritivo Tomé America Gran Prix, enviando também o NIF do doador para emissão correspondente de recibo”.

Vê aqui a entrevista:

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here