publicidade

Basquetebol : XIV Campeonato da Proliga – 2ª Fase Grupo B ( 11ª jornada) 

              FÍSICA SOFRE NOVA DERROTA NO LUMIAR COM GRANDES QUEIXAS DA DUPLA DE ARBITRAGEM. 

              Jogo do dia 02/04/2017 às 15:30, no Pavilhão da Escola Secundária do Lumiar.                                                          

Arbitros : Hugo da Silva e António Pereira. 

ACADEMIA DO LUMIAR                76                                                             

Miguel Gregório 8; Dembo Cisse 0; Francisco Pereira 0; Carlos Tavares 8; Ba Cassama 15; Francisco Santos 8; Bonifácio Almeida 26; Bernardo Gomes 0; Pedro Aspecada 0; Benedito Suca 11.

FÍSICA “A”                                      72                             

Miguel Bento 0; Carlos Dias 2; Miguel Salvador 13; Nuno Monteiro 8; Frederico Tavares 13; Gonçalo Lugar 0; Pedro Bagio 9; João Raposo 4; Tiago Filipe 0; Ricardo Robalo 16; Gonçalo Silva 7.

Ao intervalo 35 – 37. Parciais 19 – 24, 16 – 13, 19 – 19, 22 – 16.

A Física na décima primeira jornada onde se esperava uma vitória contra o lanterna vermelha, Academia do Lumiar, mas, pelo contrário sofreu nova derrota complicando assim mais as contas para a manutenção na Proliga. Nos últimos 3 encontros Física terá de vencer e a equipa de Belém perder os 3. Apesar de parecer impossível, matematicamente é possível. Pois não se atirar a toalha, temos que lutar dignamente em campo até ao último segundo.

Neste encontro a Física venceu o 1º período por 19 – 24 e perdeu no 2º por 16 – 13. No intervalo as duas equipas dirigiram-se para as cabines com uma vantagem com 2 pontos para a equipa da Física, 35 – 37.

A equipa Torriense no meio do 2º período perdeu Carlos Dias após uma lesão grave, rotura total do tendão de aquiles, pelo que deve ser urgentemente operado e Romero Júnior não pode contar com ele nos últimos 3 encontros. Também no intervalo Nuno Monteiro, saiu com a mão inchada, suspeita de microfratura. Foram duas baixas importantes no fatídico 2º período o que psicologicamente afectou a equipa.

Do azar da equipa, juntou-se na 2ª parte do encontrou a arbitragem hostil dos juízes de Aveiro (não se compreende a nomeação de dois árbitros de Aveiro para um encontro em Lisboa entre o último classificado e a Física que luta para a continuidade na Proliga). A equipa  mais interessada neste encontro era a equipa de Belém.

Os dois árbitros tinham a lição estudada e durante o 3º período do encontro Miguel Salvador e Frederico Tavares atingiram rapidamente a quarta falta, enquanto a equipa adversária até este momento tinha em conjunto 7 faltas. Da mesma forma e até o final do encontro e como protagonistas os dois árbitros, a Física empatou o 3º periodo (19 – 19) e perdeu no 4º por 22 – 16. É de salientar que enquanto faltavam 4 minutos do final do encontro, Frederico Tavares atingiu a 5ª falta tornando tudo mais complicado. Assim no final a Física , perdeu o encontro por 76 – 72 e mais do que isso as duas baixas no seu plantel.

Os protagonistas deste encontro foram os árbitros, e os infelizes acontecimentos do 2º período com a lesão grave do Carlos Dias e do Nuno Monteiro.

Em termos estatísticos pela Física, marcaram 13 em 26 lançamentos para 2 pontos (50%) destacando-se os Pedro Bagio com 4 em 5 e  Ricardo Robalo com 4 em 7. Quanto aos 3 pontos, os Torrienses marcaram  11 em 30 lançamentos (36,7%), com destaque para os Miguel Salvador com 3 em 4 e Frederico Tavares com 3 em 5. Nos lances livres os Torrienses marcaram 13 em 16 lançamentos (81,3%), destacando-se os Miguel Salvador com 4 em 5, Frederico Tavares, João Raposo e Gonçalo Silva com 2 em 2 cada e Ricardo Robalo com 2 em 3. Em termos de ressaltos ofensivos e defensivos,  ganharam 26, com destaque ao Carlos Dias com 7, Pedro Bagio com 7 e Miguel Salvador com 6. Nas assistências em termos colectivos foram 14, sendo os atletas que mais assistiram os seus colegas,  Miguel Salvador e Ricardo Robalo ambos com 4. Finalmente a equipa da Física perdeu 10 vezes a bola (turnovers).

Na 12ª jornada da Proliga 2ª Fase – Grupo B, em mais uma final, Física recebe o 1º Classificado Casino Ginásio, no Sábado dia 15/4/2017, às 21:30. Apesar de ter ficado tudo mais complicado, juntando as duas baixas importantes no plantel, temos que acreditar até matematicamente ser possível.

             Resultados da 11ª jornada : 

Casino Ginásio – Angra Basket                    90 – 87

Guifões SC – Aliança Sangalhos                   62 – 67

Os Belenenses – AD Sanjoanense                75 – 66         

Classificação 2ª fase Grupo B  11ª jornada da Proliga : 

                                                                  J            V         D           P

  1. Angra Basket                            25          13        12        38              
  2. Casino Ginásio                         25          13        12        38   
  3. Os Belenenses                          25           12        13        37
  4. AD Sanjoanense                      25           11        14        36         
  5. Aliança Sangalhos                  25           10        15        35       
  6. Física “A”                                   25            9         16        34  
  7. Guifões SC                                 25            8         17        33                                                                              
  8. Academia do Lumiar             25            5          20      30     
publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.