Bombeiros de Torres Vedras terminam o ano com mais de 10 mil ocorrência
publicidade

“Esta casa tem um grande volume de serviços de emergência, mas estamos dimensionados para dar resposta a tudo”, afirma o comandante Fernando Barão.

O ano de 2018 terminou e os Bombeiros voluntários de Torres Vedras registaram mais de 10, 247 ocorrências nesse ano, um número superior ao número registado em 2017: 9.621 ocorrências.

Das mais de 10 mil ocorrências contabilizadas, 282 foram incêndios; 314 acidentes de viação; 9,300 emergências médicas pré-hospitalares e por fim 351 intervenções diversas de socorro, tais como fugas de gás, inundações, quedas de árvores e estruturas, entre outros serviços.

A tudo isto é preciso juntar ainda 6 mil transportes de doenças não urgentes numa média de 800 saídas por mês só para emergências médicas.

“Esta casa tem um grande volume de serviços de emergência, mas estamos dimensionados para dar resposta a tudo e, infelizmente, continuamos a dar, com as duas secções, quer na Silveira, quer no Maxial, muito devido ao espírito da rapaziada, à mística e à dedicação dos bombeiros”, afirma o comandante Fernando Barão ao Jornal Badaladas.

No dia 31 de dezembro, às 23h59, último minuto do ano 2018, os Bombeiros Voluntários de Torres Vedras estiveram de serviço com um incêndio em Monte Redondo cujas causas são desconhecidas, apesar de tudo indicar para a intervenção da mão humana devido às condições atmosféricas que a noite apresentava: baixa temperatura e humidade.

Além do incêndio na freguesia do concelho de Torres Vedras, a corporação registou ainda 51 serviços de emergência médica no dia 1 de janeiro de 2019, a grande maioria associada a abusos alimentares.

No dia 25 de dezembro, dia de Natal foram registadas 31 emergências pré-hospitalares.

Crédito de Imagem: FB Bombeiros Torres Vedras

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here