Câmara de Óbidos inaugura requalificação urbana das Gaeiras no valor de 1,4ME
publicidade

A Câmara de Óbidos inaugurou a requalificação urbana do Largo de São Marcos, um investimento de 1,4 milhões de euros no centro da vila das Gaeiras, neste concelho do distrito de Leiria.

No Largo de São Marcos, a autarquia adquiriu imóveis degradados que demoliu e veio a construir um edifício que alberga um pequeno Museu das Guerras Peninsulares, a sede da Junta de Freguesia das Gaeiras, um auditório e um espaço de ‘cowork’ dedicado a empreendedores.

“Era uma requalificação há muito sonhada”, frisou o presidente da câmara de Óbidos, Humberto Marques, explicando que, desde há 40 anos, a população tinha projetos para o local, desde a construção de sanitários públicos até a um Museu das Guerras Peninsulares.

O investimento de 1,4 milhões de euros foi comparticipado em 1,1 milhões de euros por fundos europeus.

A construção resultou de um longo processo, que obrigou o município a convencer a Comissão de Coordenação de Desenvolvimento Regional (CCDR) do Centro, gestora do programa comunitário Centro 2020, a aprovar candidaturas de requalificação urbana para construção de edifícios, e não para a sua requalificação, e fora das sedes de concelho.

“A história deste largo tem de ser replicada no país, porque daí decorre a luta pelo desenvolvimento regional”, afirmou a ministra da Coesão Territorial, Ana Abrunhosa, que acompanhou o processo enquanto presidente da CCDR Centro.

Na sessão solene do feriado municipal, o município condecorou, entre outros, o selecionador português de futebol, Fernando Santos, pelos seus feitos e pela sua ligação à vila de Óbidos.

Fernando Santos lembrou que foi no Largo de São Marcos que “deu os primeiros passos” a jogar futebol e considerou que a sua requalificação foi “um marco importante”, ao vir “dar vida à vila”.

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here