Câmara de Sobral de Monte Agraço aprova contas de 2019
publicidade

O Município de Sobral de Monte Agraço, no distrito de Lisboa, aprovou hoje o Relatório de Contas de 2019, ano que encerrou com um resultado líquido positivo de 242 mil euros, abaixo do de 2018.

O documento foi aprovado pela maioria comunista, com os votos contra dos vereadores do PS e PSD.

O Relatório de Contas de 2019, a que a agência Lusa teve acesso, indica que a autarquia fechou o ano anterior com um resultado positivo de 242 mil euros, quando em 2018 esta tinha sido de 292 mil euros.

A execução orçamental da receita foi de 77,3%, abaixo da de 2018 (81,3%), uma vez que, dos 11,7 milhões de euros (ME) previstos, foram arrecadados 9,1 ME.

As receitas oriundas dos impostos diretos mantiveram-se inalteráveis, em 2 ME, acima dos 1,9 ME previstos.

A execução orçamental da despesa foi de 75%, abaixo dos 77,8% de 2018, tendo em conta que, dos 11,7 ME previstos, foram pagos 8,8 ME.

Os gastos com pessoal, a principal rubrica, tiveram um ligeiro aumento, passando de 3 ME, em 2018, para 3,4 ME, em 2019.

Em 2019, o município reduziu a dívida de médio e longo prazo em 14,9%, de 2,3 para 2 ME, enquanto as de curto prazo tiveram um ligeiro aumento de 1,19%, situando-se nos 1,9 ME.

A autarquia terminou o ano anterior a pagar a 102 dias, quando em 2018 pagava a 79.

O Relatório de Contas vai ser submetido à assembleia municipal, em que a CDU tem maioria tal como na câmara municipal.

Sobral de Monte Agraço tem uma população de cerca de 10 mil habitantes.

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here