Câmara Municipal quer Linhas de Torres Vedras entre Património Mundial da UNESCO
publicidade

A decisão foi tomada por unanimidade na reunião de Câmara desta terça-feira.

A Câmara Municipal de Torres Vedras informou ontem, em nota que imprensa enviada ao TORRES VEDRAS WEB, que irá propor à Rota Histórica das Linhas de Torres – Associação para o Desenvolvimento Turístico e Patrimonial das Linhas de Torres Vedras a elaboração de uma candidatura para que as Linhas de Torres Vedras integrem a lista de Património Mundial da UNESCO.

A decisão foi tomada por unanimidade na reunião de Câmara desta terça-feira, depois do Executivo Municipal ter valorizado a classificação das Linhas de Torres Vedras como Monumento Nacional.

A Câmara Municipal de Torres Vedras considera que o conjunto fortificado se assume como “um dos grandes empreendimentos da nossa história contemporânea e uma das mais impressionantes e eficazes obras defensivas de todos os tempos”, considerando, por isso, que reúne as condições necessárias para que seja preparada uma candidatura a Património Mundial da UNESCO.

Recorde-se que as Linhas de Torres Vedras foram construídas para defender o país da terceira invasão Napoleónica. Desde 1809, foram construídas 152 obras militares, entre o Rio Tejo e o Oceano Atlântico, com o objetivo de proteger Lisboa.


publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here