Caminhantes portugueses e ingleses geminados percorreram o concelho de Torres Vedras
publicidade

No âmbito de uma parceria entre a Câmara Municipal de Torres Vedras, a Associação de Intercâmbio Municipal (ASSIM) e a Wellington Twinning Association, decorreu de 12 a 18 de maio, a iniciativa “Walking in Torres Vedras”.

Inserida no calendário de atividades da ASSIM, esta foi a primeira que visou dar a conhecer os percursos pedestres do concelho de Torres Vedras.

Durante seis dias, o grupo participante na atividade visitou um conjunto de pontos de interesse: centro histórico de Torres Vedras; Museu Municipal Leonel Trindade; Castro do Zambujal; Área de Paisagem Protegida das Serras do Socorro e Archeira; fortes de São Vicente, Archeira e Feiteira; Choupal; Centro de Educação Ambiental de Torres Vedras; Parque Verde da Várzea; fábrica de pastéis de feijão Coroa; Adega Mãe; Moinho dos Caixeiros; e Santa Cruz (Azenha e Passeio dos Poetas). Foram ainda na ocasião percorridos alguns caminhos da GR30 – Grande Rota das Linhas de Torres Vedras, do PR2 – Rota do Atlântico e do PR4 – Rota do Castro do Zambujal. O programa da atividade incluiu também um dia completo de visita a Lisboa.

Recorde-se que a geminação entre Torres Vedras e Wellington está relacionada com o período da Guerra Peninsular e as Linhas de Torres Vedras, mais concretamente com a figura de Arthur Wellesley, duque de Wellington e marquês de Torres Vedras.

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here