publicidade

O Campeonato Regional de Motocross voltou ao concelho de Torres Vedras. A terceira etapa do troféu MX Sintra, organizada pelo Moto Clube de Torres Vedras (MCTV), decorreu este Domingo na Ponte do Rol sob um sol intenso de Setembro. Estavam reunidas as condições para uma tarde ideal para os amantes das duas rodas, o que leva José Silva, Secretário do Moto Clube, a concluir que “o balanço é bastante positivo. Tivemos cerca de 1300 pessoas na pista, entre pilotos, assistentes e público.”

A prova contou com a participação de cerca de 100 pilotos de todas as classes e fez com que rumassem ao Oeste pessoas de vários pontos do país. “Todas dizem que a pista estava em perfeitas condições. É bastante bom recebermos pessoas de bastante longe e vermos que saem daqui satisfeitas. Deixa-nos alegres.” Ricardo Aires – que corria em casa – sagrou-se vencedor da categoria Open, deixando Bruno Charrua e Tiago Duarte nos segundo e terceiro lugares. Nos infantis decorreu a última prova do Campeonato Nacional dos escalões A e B, onde foram atribuídos os títulos nacionais a Tomás Santos e Martim Espinho, respectivamente.

Este é o terceiro ano em que o Moto Clube torriense organiza uma etapa deste Campeonato Regional. Depois do balanço positivo, a organização abre portas à continuação desta etapa no concelho. “Temos por hábito fazer uma prova desportiva por ano. É óbvio que isso tem de ficar definido ainda este ano, mas vamos ver” diz José Silva, lembrando que a pista utilizada é cedida por José Amaro.

Etapa do Campeonato Regional de Motocross leva mais de 1300 pessoas à Ponte do Rol
“Temos cerca de 1300 pessoas na pista, entre pilotos, assistentes e público” avançou José Silva durante a tarde. Foto: Rita Alves dos Santos

“Estamos plenamente convictos de que vai voltar a haver uma prova desportiva do MCTV. Esta é uma boa prova que gostamos de fazer e temos a vantagem de já a termos feito três vezes” explicou ao Torres Vedras Web. “Estamos convictos que iremos fazer ou esta ou outra, mas ainda não podemos confirmar nada.”

Aos agradecimentos a todos os patrocinadores e entidades de apoio, José Luís Rufino, Presidente do MCTV, não deixa escapar o momento para um agradecimento especial. “Falta agradecer aos sócios. Sem eles não conseguíamos fazer isto” afirma, sublinhando que foram mais de 40 pessoas que asseguraram a realização da prova “em troca de uma bifana e de uma imperial.”

Ao final do dia, o balanço não podia ser melhor. “Acho que eles estão felizes e nós estamos felizes, porque correu tudo bem. Estamos todos satisfeitos. É bom para o concelho e é bom para nós, Moto Clube de Torres Vedras.”

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

This site uses Akismet to reduce spam. Learn how your comment data is processed.