CDU arranca com campanha de contacto concelhia na antiga freguesia de Matacães
publicidade

Os activistas da CDU iniciaram no sábado, dia 18 de Janeiro, a campanha de contacto com as populações do concelho de Torres Vedras, “com o objectivo de aprofundar conhecimentos e dar resposta aquilo que são os problemas do território”.

Segundo a CDU, a extinção da freguesia é visto como o principal problema sentido pelas populações.

“Dos contactos realizados vieram ainda várias outras preocupações”, adianta o partido em comunicado.

“A antiga Freguesia de Matacães sofre bastante com aquilo que foi a união das freguesias de Santa Maria, São Pedro e Matacães. Tendo sido anexada por duas freguesias urbanas, com grande concentração populacional, leva a que o que era o território da nossa freguesia fique claramente esquecido. A reposição das Freguesias extintas contra a sua vontade é uma aspiração justa e legítima das populações”, afirma a CDU.

“A CDU assumiu, desde logo, o compromisso de tudo fazer para que fosse aprovada legislação que permitisse a reposição das referidas Freguesias”. Em Dezembro de 2016, a Assembleia da República, com os votos do PS, PSD e CDS, rejeitou o projecto-lei do PCP, de reposição das Freguesias.

“Em Matacães sente-se um ambiente discriminação face ao resto da União de Freguesias. A limpeza urbana é escassa, o lixo acumula-se nas papeleiras entre outros problemas. É preciso reforçar as condições da Junta de Freguesia para que seja dada a resposta necessária para aquilo que são legítimas aspirações das populações”.

A falta de transportes públicos é outra questão levantada pelo partido. “A realidade neste ponto é especialmente triste, e mostra bem que quando são os interesses privados que mandam, as populações é que sofrem. As ligações à sede de concelho são escassas e muitas vezes obriga  a ir junto da Estrada Nacional 9 para apanhar o autocarro. A luta levada a cabo pela CDU ( recolhas de assinaturas, debates, entre outras iniciativas) conseguiu a aplicação do Programa de Redução Tarifária no Concelho, na região e nas viagens para a AML já foi um grande avanço, com os passes a passarem para 30€ no Concelho, 40€ na Região e 70€ para Lisboa. Mas só por si não serve de nada se não houver autocarros nas aldeias”.

A rede viária também é uma preocupação. “São várias as estradas da freguesia que se encontram danificadas, com destaque o grave estado em que se encontra a estrada que liga a Ribeira de Matacães à Zurrigueira”.

A CDU compromete-se com a população a levar aos devidos órgãos “aquilo que são as justas aspirações das populações, ao mesmo tempo que apela às mesmas que lutem pelos seus direitos”.

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here