publicidade

Negócios Estrangeiros / Affaires Étrangères foi a exposição coletiva inaugurada no passado sábado, 9 de abril, no Centro de Artes e Criatividade (CAC) de Torres Vedras. A mostra integra obras de mais de 30 artistas e pensadores e integra a Temporada Cruzada Portugal-França 2022.

O programa da inauguração teve início no Palácio Nacional de Belém, em Lisboa, a que se seguiu a deslocação até Torres Vedras. No CAC, o momento inaugural contou com diversas performances por artistas que integram a exposição, como Mark Geffriaud, Maria Trabulo, André Guedes, Vir Andrès Hera, Vinit Agarwal, Géraldine Longueville e Fabien Vallos.

Com curadoria de Maud Jacquin, Sébastian Pluot e Luísa Especial, Negócios Estrangeiros / Affaires Étrangères apresenta os múltiplos paradoxos e subentendidos diplomáticos. As questões da diplomacia e da tradução estão, assim, no centro deste evento, que também se desenvolve no Palácio Nacional de Belém, em Les Laboratoires d’Aubervilliers e em Ygrec – ENSAPC, França.

A exposição, que estará patente até ao dia 5 de junho, apresenta obras de Mathieu Kleyebe Abonnenc, Vinit Argarwal, Keren Benbenisty com João Pimenta Gomes, Mariana Caló e Francisco Queimadela, Jesse Chun, Clémence de Montgolfier, Mark Geffriaud, Laura Genes com Hélder Silva, André Guedes, Vir Andres Hera, Géraldine Longueville, Musa Paradisiaca, Pratchaya Phinthong, Joshua Schwebel, João Paulo Serafim, João Simões e Maria Trabulo.

Negócios Estrangeiros / Affaires Étrangères é concebido por Art by Translation e pela AiR 351.

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here