Centro Hospitalar do Oeste quer "abertura de concursos urgentes" para trabalhadores precários