publicidade

Situado no perímetro urbano de Torres Vedras, a existência do chafariz é referida no século XIV. Era alimentado pelo aqueduto e situa-se próximo de uma das portas da vila medieval (Porta da Corredoura).

O chafariz é um pavilhão coberto com abóbada de cruzaria com nervuras que assentam sobre mísulas cónicas.

Das faces do pavilhão rasgam-se cinco arcos ogivais e destaca-se o interessante conjunto de gárgulas góticas que o decoram e o conjunto de quatro escudos dispostos nas faces das colunas: “os da frente ostentando o brasão real que remonta ao século XIII, sendo com toda a probabilidade do reinado de D. Afonso III, e os dois laterais da mesma época, representando em três castelos de linhas severas, sóbrias de atavios, o velho brasão da antiga Turribus Veteribus.”

A rematar o conjunto, coruchéus e ameiaschanfradas (Merlões) do século XVI. O espaço interior é composto por um tanque com duas bicas barrocas (com motivos vegetalistas).

Outrora, em todo o comprimento da frente e num plano inferior, existia um espaçoso tanque feito para aproveitar as águas, que servia para abastecimento de quem partia e chegava, bem como para uso dos animais.

Está classificado pelo Decreto de 16-06-1910; Diário do Governo n.º 136, de 23-06-1910.

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here