publicidade

O Campus Neurológico (CNS), centro português dedicado a doenças neurológicas, assinala hoje, o Dia Mundial da Pessoa com Doença de Alzheimer.

Em Portugal, estima-se que a Doença de Alzheimer afete cerca de 110.000 pessoas. A nível mundial as estatísticas apontam para cerca de 44 milhões de pessoas com a doença ou com uma outra forma de demência. Sabe-se que apenas uma em cada quatro pessoas com Alzheimer é corretamente diagnosticada com a doença.

A Doença de Alzheimer caracteriza-se por ser um tipo de demência que leva à deterioração progressiva das funções cognitivas (memória, atenção, concentração, linguagem, entre outras). Este fator tem como consequência alterações no comportamento e sobretudo na capacidade funcional do individuo, dificultando a realização das suas tarefas diárias ou profissionais.

Com causa ainda indeterminada, é uma doença que se caracteriza pela disfunção progressiva dos neurónios em determinadas zonas do cérebro.

O CNS disponibiliza uma consulta direcionada para o acompanhamento e tratamento de pessoas com Doença de Alzheimer e outras demências, bem como uma serie de intervenções terapêuticas e atividades especialmente desenvolvidas para as pessoas que sofrem desta doença e seus familiares e cuidadores, valorizando uma abordagem multidisciplinar associada ao tratamento destes doentes.

O Prof. Doutor Joaquim Ferreira, Diretor Clínico do CNS, explica “Embora ainda não tenhamos disponível um tratamento que cure ou pare a progressão da Doença de Alzheimer existem, hoje em dia, múltiplos tratamentos que podem melhorar parcialmente os sintomas da doença. Trata-se de uma doença que afecta não apenas os doentes mas também toda a família e quem cuida e é extremamente importante que toda a comunidade esteja informada sobre a doença. O tratamento da doença passa não apenas por tratar o doente mas também por apoiar as famílias e quem cuida dos doentes”.

Neste dia Mundial da Pessoa com Doença de Alzheimer, o CNS chama a atenção para a temática, promovendo uma maior consciencialização e conhecimento sobre a doença e para esta problemática em geral.

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.