Como lidar com a ansiedade em tempos de quarentena?
publicidade

A pandemia do Covid-19 obrigou a que muitas pessoas ficassem isoladas, em quarentena ou isolamento social. A própria OMS intuiu que esta situação pudesse motivar estados de ansiedade. Saiba como pode lidar com esta ansiedade em tempos de quarentena.

A propagação do Coronavírus gerou uma situação muito complexa no mundo. De surto a pandemia, este vírus atravessou as fronteiras e exigiu que os diversos países agissem, no sentido de minimizar os danos causados pela doença e de evitar uma maior propagação da doença.

As escolas foram fechadas, as empresas adotaram medidas de segurança que implicaram o seu fecho ou trabalho a meio gás e as fronteiras foram também vedadas em prol da saúde pública.

A realidade das pessoas, perante as mudanças que se operaram, alterou-se também completamente, fazendo com que muitos trabalhadores adotassem o teletrabalho ou recebessem férias coletivas, sendo que alguns lidam ainda com a dificuldade de trabalhos sem contrato, tendo ficado com muito poucos (ou mesmo nenhum) rendimentos.

A permanência em casa, associada às severas dificuldades económicas e à previsão da recessão futura, o contacto com as narrativas mediáticas e o próprio isolamento são fortes motivadores de sentimentos de stress e ansiedade.

A Organização Mundial de Saúde (OMS) alertou para essa situação e chegaria, inclusivamente, a indicar algumas formas de aliviar esta ansiedade durante a crise pandémica.
Venha descobrir como pode reduzir e controlar a ansiedade durante a quarentena.

  1. Produtos naturais para reduzir a ansiedade
    Recorrer a alguns produtos naturais pode ajudar na redução da ansiedade durante a
    pandemia. Várias ervas e plantas contam com propriedades calmantes e relaxantes,
    podendo ajudar a que se sinta melhor mesmo perante esta situação difícil
    O consumo de chás como a infusão de valeriana ou de camomila são bons exemplos
    para produtos naturais com efeitos calmantes.
    Além disso, o CBD (Canabidiol) é também um forte aliado da eliminação da ansiedade.
    Se quiser saber como este pode ajudar a que se sinta melhor, leia mais aqui.
  2. Escolha criteriosamente as fontes de informação
    As fake news são, infelizmente, uma realidade muito comum no século XXI, já que a
    própria facilidade de passagem de informação está simplificada pelas novas tecnologias.
    O grande número de notícias falsas a circular foi, para muitas pessoas, gerador de
    pânico e ansiedade, o que prejudica a experiência da quarentena, causando uma
    sensação de mal-estar.
    Assim, para evitar a ansiedade, é importante que se estabeleçam critérios para as
    notícias que são consumidas, preferindo aquelas que vêm de fontes mediáticas credíveis
    e oficiais. No caso do Coronavírus, prefira informações provenientes da OMS ou do
    Ministério da Saúde.
  3. Procure ajuda especializada
    Ainda que o isolamento obrigue à permanência no seu lar, isto não significa que não
    possa procurar ajuda no combate à ansiedade. Na verdade, neste momento difícil, são
    muitos os profissionais da área da psicologia que estão a disponibilizar os seus serviços
    online.
    Foram também criadas várias linhas de apoio psicológico, especialmente pensadas para
    ajudar pessoas nestas circunstâncias.
    A procura deste apoio pode ajudar a melhorar a sua ansiedade durante a quarentena.
publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here