publicidade

A 16.ª escola de “nova geração” do concelho foi inaugurada no dia 20 de setembro.

Trata-se da Escola Básica do 1.º Ciclo e Jardim-de-Infância dos Campelos, a qual se localiza junto à escola básica dos 2.º e 3.º ciclos existente desta vila, constituindo em conjunto com esse estabelecimento de ensino uma escola básica integrada, à semelhança do que já acontece em outros locais do concelho.

Com capacidade para 300 crianças, este recém-inaugurado equipamento escolar é constituído por dois blocos. O primeiro, de dois pisos, conta com oito salas de aulas, duas salas polivalentes e duas de atividades. Este edifício tem ainda uma sala de prolongamento, uma sala de professores, um gabinete de atendimento, um gabinete de trabalho para docentes, uma sala para pessoal não docente, instalações sanitárias e arrecadações.

Já o segundo bloco é constituído por uma biblioteca/centro de recursos (que foi embelezada com uma obra da artista plástica torriense Ema M), uma sala de convívio com buffet (destinada a atividades lúdicas da comunidade escolar, onde almoçam as crianças do ensino pré-escolar e do 1.º ciclo do ensino básico) e uma sala de reuniões.

No exterior existem espaços de recreio coberto e descoberto.

A cerimónia de inauguração da Escola Básica do 1.º Ciclo e Jardim-de-Infância dos Campelos teve início com uma atuação da banda da escola de música da Casa do Povo dos Campelos, a que se seguiu a respetiva bênção pelo patrono do agrupamento de escolas a que a mesma está afeta – Padre Vítor Melícias. Posteriormente, tiveram lugar os discursos, proferidos pela presidente da junta da freguesia da União das Freguesias dos Campelos e Outeiro da Cabeça, Natalina Luís, pela diretora do Agrupamento de Escolas Padre Vítor Melícias, Elisabete Jerónimo, e pelo presidente da Câmara Municipal, Carlos Miguel. Este ato inaugural terminou com uma visita às instalações da nova escola e um lanche-convívio.

Depois das escolas criadas pelo Conde Ferreira no século XIX e pelo Estado Novo no século XX, é agora o tempo das escolas do século XXI, faltando à Câmara Municipal construir nove desses estabelecimentos de ensino.

O custo da construção da Escola Básica do 1.º Ciclo e Jardim-de-Infância dos Campelos ascendeu a 2.367.213 euros (comparticipado em 70% pelo Fundo Europeu de Desenvolvimento Regional por intermédio do Programa Operacional Regional do Centro – Mais Centro, o qual decorre do Quadro de Referência Estratégico Nacional).

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.