publicidade

No âmbito do projeto “Conhecer para Preservar | Ouriço-do-MAR”, têm sido desenvolvidas atividades de promoção da literacia do Oceano dirigidas ao público escolar. Estas iniciativas visam contribuir para uma intervenção integrada de informação, formação e sensibilização da comunidade educativa do Concelho.

Entre outubro de 2021 e maio de 2022, 166 alunos do 1.º ciclo do ensino básico participaram na atividade “Quem vive nas Poças de Maré?”. Esta atividade tem como objetivo dar a conhecer a biodiversidade existente na zona intertidal, sensibilizando para a importância da conservação destes habitats. Numa ação em sala de aula, os alunos descobrem os seres vivos e as particularidades destes locais, seguindo-se uma saída de campo à Praia Azul, onde exploram as poças de maré, registando os seres vivos encontrados.

Direcionada ao 3.º ciclo do ensino básico, a atividade “Conhecer para Preservar” contou com a participação de 134 alunos, entre outubro de 2021 e maio de 2022. A atividade consiste numa saída de campo à Praia Azul, orientada pelos professores Carla Teles e João Paulo Santos, ambos docentes no Externato de Penafirme, entidade parceira do projeto. Nestas saídas, os alunos têm oportunidade de explorar a Biodiversidade e Geodiversidade deste ecossistema costeiro, ao mesmo tempo que observam e registam os valores naturais existentes na zona intertidal, nas arribas e no sistema dunar.

O projeto “Conhecer para Preservar | Ouriço-do¬MAR” decorre de uma candidatura do Município de Torres Vedras, no âmbito do Small Grants Scheme #3 – Apoio às iniciativas para a Educação – Literacia do Oceano, do EEA Grants. Este projeto acontece em parceria com o Externato de Penafirme, escola não agrupada que integra o programa educativo “Escola Azul” do Ministério do Mar. A estratégia de intervenção está estruturada em três eixos articulados entre si – Educar, Formar e Comunicar – onde se incluem 13 atividades.

Sobre o EEA Grants

Através do Acordo sobre o Espaço Económico Europeu (EEE), a Islândia, o Liechtenstein e a Noruega são parceiros no mercado interno com os Estados-Membros da União Europeia.

Como forma de promover um contínuo e equilibrado reforço das relações económicas e comerciais, as partes do Acordo do EEE estabeleceram um Mecanismo Financeiro plurianual, conhecido como EEA Grants.

O EEA Grants tem como objetivos reduzir as disparidades sociais e económicas na Europa e reforçar as relações bilaterais entre estes três países e os países beneficiários.

Para o período 2014-2021, foi acordada uma contribuição total de 2,8 mil milhões de euros para 15 países beneficiários. Portugal beneficiará de uma verba de 102,7 milhões de euros. Saiba mais em www.eeagrants.gov.pt.

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here