Contas da Promotorres relativas ao ano de 2019 apresentaram um prejuízo de 48 mil euros
publicidade

A Empresa Promotores, responsável pelo Carnaval, Festival das Vindimas, Feira de São Pedro, Ocean Spirit e o Estacionamento na cidade, viu as suas contas serem “chumbadas” pelos Vereadores social-democratas de Torres Vedras.

As contas da Promotorres relativas ao ano de 2019 apresentaram um prejuízo de 48 mil euros. Este motivo aliado à deterioração dos rácios da autonomia financeira e solvabilidade da empresa levaram a um resultado líquido negativo que justificou a decisão do partido.

O líder do PSD de Torres Vedras, Marco Claudino, considera que estes resultados operacionais não eram esperados com o Carnaval “a ajudar com o tempo que se viveu” e ao aumento dos investimentos de capital em cerca de 10 mil euros.

Contudo, o Estacionamento demostrou ser a única rubrica positiva de entre os muitos eventos organizados pela empresa.

“O que se verifica, porém, é que com as receitas relativas ao Estacionamento as receitas relativas ao Estacionamento, que já ultrapassaram os 900 mil euros, os resultados da Promotorres seriam ainda piores”, afirma Marco Claudino.

Os vereadores do PSD dizem ter “plena consciência que 2020 será um ano de anormalidade ao nível de receitas da Promotorres e teremos naturalmente isso em consideração dentro de um ano quando analisarmos as contas”.

“Esperamos que as dificuldades deste ano possam constituir uma oportunidade para refletir sobre o caminho a seguir pela empresa municipal e para que a administração apresente soluções inovadoras e que vão ao encontro da sua missão”, adiantam.

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here