Covid-19: Caso de infeção leva ao encerramento de unidade de saúde familiar em Torres Vedras
publicidade

O Centro de Saúde de Torres Vedras encerrou até 01 de maio uma das duas unidades de saúde familiar, por os profissionais se encontrarem em quarentena depois de ter sido confirmado um caso de infeção por covid-19.

Na sua página do Facebook, a Unidade de Saúde Familiar Arandis “informa os seus utentes que, devido a um caso positivo de covid-19, se encontra encerrada previsivelmente até ao dia 01 de maio”.

Esta USF tem nove médicos, oito enfermeiros e seis administrativos.

Para casos de doença aguda, os utentes devem procurar, em alternativa, o Atendimento Complementar a funcionar das 16:00 às 20:00 neste centro de saúde.

Os tratamentos continuam a ser assegurados das 09:00 às 16:00, no mesmo espaço.

O teste do pezinho e pedidos de baixa são reencaminhados para a Unidade de Saúde Familiar Gama, a outra USF que se mantém em funcionamento no Centro de Saúde de Torres Vedras.

Em Torres Vedras, registam-se 39 casos de infeção confirmados, mas apenas 16 estão ativos, havendo já 23 casos recuperados, de acordo com o último boletim epidemiológico divulgado por esta autarquia do distrito de Lisboa.

A nível global, segundo um balanço da AFP, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 181 mil mortos e infetou mais de 2,6 milhões de pessoas em 193 países e territórios.

Mais de 593.500 doentes foram considerados curados.

Em Portugal, morreram 785 pessoas das 21.982 registadas como infetadas, de acordo com a Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

Portugal cumpre o terceiro período de 15 dias de estado de emergência, iniciado em 19 de março, e o decreto presidencial que prolongou a medida até 02 de maio prevê a possibilidade de uma “abertura gradual, faseada ou alternada de serviços, empresas ou estabelecimentos comerciais”.

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here