Covid-19: Empresa Avipronto em Azambuja com 101 casos positivos
publicidade

Os testes à covid-19 detetaram 101 casos positivos entre os cerca de 200 trabalhadores da empresa Avipronto, encerrada desde sábado e que ainda hoje deverá ser alvo de uma vistoria, disse fonte da autarquia.

“Nas análises aos trabalhadores foram detetados 101 casos positivos, havendo ainda quatro inconclusivos e que têm de ser repetidos”, afirmou à agência Lusa o presidente da Câmara Municipal de Azambuja, no distrito de Lisboa.

Luís de Sousa (PS) explicou que, durante a tarde, a empresa de produtos alimentares, que encerrou depois de serem detetados 34 casos positivos de covid-19, vai ser visitada pelas autoridades de saúde “para verificar se todas as indicações dadas pela Direção-Geral da Saúde em termos de limpeza dos espaços foram cumpridas”.

O autarca defendeu que, “mais importante do que reabrir, é reabrir cumprindo todas as condições de segurança”, considerando por isso que o mais prudente “será reabrir a empresa na próxima semana”.

Luís de Sousa esteve reunido durante a manhã com as autoridades locais e de saúde, para “fazer o ponto da situação nas empresas do concelho”.

Segundo o autarca, “além dos 101 casos na Avipronto, foram detetados dois noutra empresa, a Solvensen, que estão a ser devidamente acompanhados”.

O presidente lembrou que, entre Azambuja e Vila Nova da Rainha, existem “220 empresas com cerca de 8.500 trabalhadores”, voltando a considerar “essencial que a CP aumente o número de carruagens”.

“Diariamente, chegam a Azambuja milhares de pessoas, provenientes de várias zonas, é urgente evitar que viajem como ‘sardinha em lata’”, disse.

Portugal contabiliza hoje 1.105 mortos associados à covid-19 em 26.715 casos confirmados de infeção, segundo o último boletim diário da Direção-Geral da Saúde (DGS) sobre a pandemia.

Relativamente a quarta-feira, há mais 16 mortos (+1,4%) e mais 533 casos de infeção (+2%).

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here