Covid-19: Escola encerrada por falta de assistentes operacionais em Torres Vedras
publicidade

A escola do primeiro ciclo de Campelos, no concelho de Torres Vedras, está encerrada até quarta-feira, depois de dois funcionários terem ficado infetados pela covid-19 e outros sete estarem em quarentena, disse hoje o diretor do agrupamento.

Joaquim Pinto Gonçalves, diretor do Agrupamento de Escolas Padre Vítor Melícias, a que pertence a EB1 de Campelos, explicou à agência Lusa que o estabelecimento está encerrado desde o início da semana e até à próxima quarta-feira.

“Dois assistentes operacionais, contagiados fora da escola, testaram positivo [à covid-19] e temos os outros sete de quarentena por precaução”, afirmou, justificando que, “sem assistentes operacionais, não há condições para a escola funcionar e as turmas foram mandadas para casa”.

A EB1 de Campelos tem mais de duas centenas de alunos do pré-escolar (três turmas) e do primeiro ciclo do ensino básico (oito turmas).

Os alunos estão a ter aulas à distância, através dos meios informáticos, enquanto a escola não reabrir.

O presidente da Câmara de Torres Vedras, Carlos Bernardes, disse hoje à Lusa que a EB1 de Campelos é a única escola encerrada no concelho devido à covid-19, de acordo com o mais recente boletim epidemiológico divulgado pelo município.

Desde o início da pandemia, Torres Vedras, no distrito de Lisboa, contabiliza 624 casos confirmados, dos quais 103 estão ativos, 504 recuperaram e 17 morreram.

As autoridades de saúde mantêm 418 contactos sob vigilância e outros 98 a aguardar resultado ao teste de diagnostico à covid-19.

A pandemia de covid-19 já provocou mais de 1,1 milhões de mortos e mais de 44,5 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 2.428 pessoas dos 132.616 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here