Covid-19: Hospital das Caldas da Rainha com 36 pessoas infetadas
publicidade

O Hospital das Caldas da Rainha regista hoje um total de 36 infetados com covid-19, no âmbito de dois surtos que têm associadas três mortes de doentes com pluripatologias, informou o Centro Hospitalar do Oeste (CHO).

Dos dois surtos detetados na semana passada, no Hospital das Caldas da Rainha, no distrito de Leiria, o mais recente é aquele que resultou num maior número de casos de infeção pelo novo coronavírus, registando-se hoje 22 doentes infetados (mais seis do que na sexta-feira) e quatro profissionais.

No âmbito deste surto há ainda a registar dois óbitos, “um [de um doente] com 78 anos e outro com 86 anos, ambos com pluripatologias”, informou o Conselho de Administração (CA) do CHO numa resposta às questões colocadas pela agência Lusa.

Em relação ao primeiro surto, detetado na segunda-feira, o número de infetados aumentou de quatro doentes e três profissionais, registados na sexta-feira, para seis doentes e quatro profissionais com resultados positivos no teste à covid-19.

Ainda relacionado com primeiro surto há registar um óbito, de “um doente com 85 anos e com comorbilidades”, explicou o CA.

Dois outros doentes já tiveram alta para o domicílio.

À Lusa, o CHO afirmou hoje que “existe capacidade interna para internamento de doentes covid-19”, admitindo, porém, que “poderá haver necessidade de transferência de doentes para outros hospitais, no âmbito da habitual articulação e complementaridade entre instituições do Serviço Nacional de Saúde, designadamente quando a condição clínica dos utentes exige cuidados diferenciados não disponíveis no Centro Hospitalar do Oeste”.

De acordo com o CA, os serviços de medicina e de cirurgia do Hospital das Caldas da Rainha estão afetados com os dois surtos ocorridos, situação que a instituição está “a tentar desbloquear com a abertura de uma nova enfermaria covid”.

 O internamento covid nos hospitais das Caldas da Rainha e de Torres Vedras “está no limite da capacidade instalada”, informou o CHO, acrescentando que “se pondera a abertura de uma nova unidade de internamento covid, no sentido de evitar transferências de utentes para outros hospitais”.

O Centro Hospitalar do Oeste integra os hospitais das Caldas da Rainha, Torres Vedras e Peniche, tendo uma área de influência constituída pelas populações daqueles três concelhos e dos de Óbidos, Bombarral, Cadaval, Lourinhã e de parte dos concelhos de Alcobaça e de Mafra. No total serve perto de 300 mil utentes.

De acordo com o último boletim da Comissão Distrital de Proteção Civil de Leiria, o concelho das Caldas da Rainha regista hoje 145 casos ativos de covid-19.

Desde o início da pandemia foram infetadas no concelho 672 pessoas e registadas nove mortes relacionadas com a infeção pelo novo coronavirus.

A pandemia de covid-19 provocou pelo menos 1.612.297 mortos resultantes de mais de 72,1 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 5.649 pessoas dos 350.938 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here