Covid-19: Hospital de Torres Vedras reforça capacidade de resposta com criação de nova enfermaria
publicidade

O Conselho de Administração do Centro Hospitalar do Oeste informa que na sequência da elevada afluência de doentes à Área Dedicada para Doentes Respiratórios (ADR-SU) da Unidade de Torres Vedras nos últimos dias, verificaram-se constrangimentos no tempo de espera para atendimento.

Por forma a reforçar a capacidade de resposta, foi criada na Unidade de Torres Vedras, uma nova enfermaria destinada a doentes covid, com lotação para 21 camas.

Atualmente o Centro Hospitalar do Oeste dispõe de uma capacidade total de 103 camas de internamento para doentes covid, na Unidade de Torres Vedras (68) e na Unidade de Caldas da Rainha (35).

Acrescenta-se ainda que na sequência dos constrangimentos sentidos verificou-se a necessidade de transferência de doentes para outros Hospitais, no âmbito da habitual articulação e complementaridade entre Instituições do SNS.

Prevê-se ainda, que a unidade de internamento no Hospital de Peniche destinada a doentes não Covid-19, com capacidade para 21 camas, entre em funcionamento a breve trecho.

O Centro Hospitalar do Oeste integra os hospitais de Caldas da Rainha, Torres Vedras e Peniche, tendo uma área de influência constituída pelas populações dos concelhos de Caldas da Rainha, Óbidos, Peniche, Bombarral, Torres Vedras, Cadaval e Lourinhã e de parte dos concelhos de Alcobaça e de Mafra.

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here