Covid-19: Mais de uma centena de pescadores testados em Peniche
publicidade

Mais de uma centena de pescadores de Peniche, em Leiria, estão a ser testados à covid-19, antes de retomarem a atividade, que, no caso da pesca da sardinha, é a 01 de junho, foi hoje anunciado.

O presidente da Organização de Produtores da Pesca do Centro, Humberto Jorge, disse à agência Lusa que os testes são facultativos para todos os pescadores, mas são direcionados sobretudo às embarcações que pararam devido aos preços baixos em lota ou à proibição da pesca da sardinha e se preparam agora para retomar a atividade.

“Antes de se juntarem, querem saber se está tudo bem, porque se houver algum problema não correm o risco de contaminar ninguém”, explicou o dirigente.

Em Peniche, existem cerca de 300 pescadores, dos quais 200 são da pesca do cerco, que captura sardinha, entre outras espécies.

A recolha de amostras aos primeiros 130 pescadores decorre hoje e na sexta-feira, informou em nota de imprensa o Instituto Politécnico de Leiria (IPL), que tem em funcionamento um centro de diagnóstico à covid-19 no edifício de investigação da Escola Superior de Turismo e Tecnologia do Mar de Peniche.

A realização de testes está a ser feita em parceria com os ministérios do Mar e da Saúde, município de Peniche, Associação Humanitária dos Bombeiros Voluntários de Peniche e a Organização de Produtores da Pesca do Centro.

Trata-se de “um exemplo de conjugação multissetorial de esforços no apoio ao setor produtivo nacional”, referiu Rui Pedrosa, presidente do IPL, citado na nota de imprensa.

Peniche regista 10 casos de infeção confirmados, dos quais oito estão recuperados, um morreu e outro permanece ativo, de acordo com o último boletim epidemiológico divulgado pelo município.

O laboratório, que funciona com investigadores voluntários, entrou em funcionamento no dia 27 de abril, estando dotado de recursos para realizar testes e os resultados das amostras.

O centro já analisou 1000 dos 3000 testes à covid-19 realizados a utentes e trabalhadores de lares nos territórios das comunidades intermunicipais de Coimbra, Leiria, Médio Tejo e Oeste.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de covid-19 já provocou mais de 297 mil mortos e infetou mais de 4,3 milhões de pessoas em 196 países e territórios.

Mais de 1,5 milhões de doentes foram considerados curados.

Em Portugal, morreram 1.184 pessoas das 28.319 confirmadas como infetadas, e há 3.198 casos recuperados, de acordo com a Direção-Geral da Saúde.

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here