Covid-19: Novo surto no Hospital das Caldas da Rainha com 16 doentes infetados
publicidade

O Hospital das Caldas da Rainha tem um segundo surto de convid-19, com 16 doentes infetados, estando a ser testados todos os doentes e trabalhadores dos serviços afetados, divulgou hoje o Centro Hospitalar do Oeste (CHO).

O “novo surto” foi revelado pelo CHO num comunicado em que confirma estarem “infetados 16 doentes” e anuncia que ainda são aguardados “vários resultados, que serão conhecidos em breve”.

Contactada pela agência Lusa, a presidente do Conselho de Administração do CHO, Elsa Baião, explicou que “alguns testes ainda estão a ser realizados”, uma vez que o surto implica testar “um total de 101 profissionais e 53 utentes”.

No comunicado, o CHO afirma que “os doentes [infetados] estão a ser transferidos para áreas de internamento covid” e que estão “a ser cumpridas todas as regras impostas pela autoridade de saúde”, estando a ser efetuada “a desinfeção dos serviços, de forma a que o hospital continue a ser um local seguro para a prestação de cuidados”.

Este é o segundo surto registado no Hospital das Caldas da Rainha, no distrito de Leiria, depois de na quinta-feira ter sido divulgada a existência de quatro doentes e três funcionários infetados no âmbito de um primeiro foco, detetado na segunda-feira.

No âmbito desse primeiro surto foram testados 11 doentes e 60 profissionais e o número de infetados aumentou hoje para seis doentes e quatro profissionais.

“Apesar dos constrangimentos decorrentes das situações descritas, os serviços do Centro Hospitalar estão assegurados e encontram-se a funcionar”, garante o CA no comunicado, apelando para que os utentes “continuem a deslocar-se ao hospital, sempre que a sua situação clínica o exija, seja para atos programados, seja em regime de urgência”. 

Desde o início da pandemia, em março passado, o CHO já contratou 148 novos profissionais “para fazer face ao acréscimo de atividade imposto pelo diagnóstico e tratamento da pandemia” e, segundo o CA, “continua a desenvolver todos os esforços para contratar mais profissionais, o que irá permitir aumentar a capacidade de resposta dos serviços de saúde e garantir uma prestação de cuidados adequada às necessidades da população”.

O Centro Hospitalar do Oeste integra os hospitais das Caldas da Rainha, Torres Vedras e Peniche, tendo uma área de influência constituída pelas populações daqueles três concelhos e dos de Óbidos, Bombarral, Cadaval, Lourinhã e de parte dos concelhos de Alcobaça e de Mafra. No total serve perto de 300 mil utentes.

A pandemia de covid-19 provocou pelo menos 1.580.721 mortos resultantes de mais de 69,5 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 5.373 pessoas dos 340.287 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here