Covid-19: Serviços municipais de Óbidos reabrem ao público na quarta-feira
publicidade

Os serviços da Câmara Municipal de Óbidos vão reabrir ao público na quarta-feira, mas apenas com marcação prévia, anunciou hoje a autarquia, que está a concluir obras de remodelação para tornar mais seguro o atendimento presencial.

A câmara continua a “privilegiar o tratamento de assuntos ‘online’”, mas a partir de quarta-feira, dia 27, “serão admitidos presencialmente os casos onde tal não seja possível”, divulgou a autarquia, ressalvando que os interessados em se deslocar aos Paços do Concelho “terão obrigatoriamente de fazer a marcação” através do site www.obidos.pt ou via telefone.

Em comunicado, a câmara do distrito de Leiria informa que vão estar disponíveis os serviços de Secretaria, Loteamentos e Obras Particulares, Tesouraria, Água e Saneamento, Desenvolvimento Comunitário, Coesão Social, Atendimento pelo Executivo Municipal, Consulta de Processos, Atendimento Assistido (Balcão Virtual) e Espaço do Cidadão.

Para tornar mais segura a reabertura ao público, a câmara tem em fase de conclusão obras de remodelação de parte do edifício dos Paços do Concelho, onde será feito o atendimento presencial.

“São trabalhos que vão permitir reformular a organização do espaço de atendimento ao público, permitindo manter as distâncias de segurança necessárias, entre outras medidas, devido à pandemia da covid-19”, refere o comunicado.

Na deslocação aos Paços do Concelho, os munícipes “deverão identificar-se ao segurança, entrar pelo tapete de desinfeção e deslocar-se diretamente ao serviço pretendido”, explica o comunicado, acrescentando que, além da obrigatoriedade do uso de máscara, só é permitido “o acesso aos locais de atendimento de uma pessoa de cada vez, devendo as restantes aguardar fora das instalações municipais, cumprindo a distância de segurança, de acordo com as recomendações das autoridades de Saúde”.

No atendimento presencial, também deverá ser salvaguardada a distância de segurança e os pagamentos deverão ser realizados preferencialmente por via eletrónica.

A autarquia vai, no entanto, continuar a fomentar o tratamento do maior número de assuntos através do balcão virtual que, desde o início da pandemia, registou um alargamento do conjunto de serviços que podem ser tratados à distância, entre os quais “proceder à leitura do contador de água, aceder às medidas de apoio às famílias e empresas, ou ainda a inscrição em programas municipais”.

Assuntos relacionados com toponímia, cemitérios, águas, bolsas de estudo e apoio social já eram possíveis tratar no balcão virtual e, segundo a câmara, “em breve um conjunto de novos serviços vão ser disponibilizados”.

Nas piscinas municipais foi criado um espaço de atendimento assistido, onde os munícipes podem fazer, de forma acompanhada, o registo no balcão virtual e tratar de forma virtual os seus assuntos com o município.

De acordo com o último relatório de situação epidemiológica publicado pela Comunidade Intermunicipal do Oeste (OesteCim), até às 22 horas de domingo foram registados em Óbidos dois casos positivos de covid-19, ambos já recuperados, não havendo atualmente qualquer caso ativo.

A nível global, segundo um balanço da agência de notícias AFP, a pandemia de covid-19 já provocou quase 345 mil mortos e infetou mais de 5,4 milhões de pessoas em 196 países e territórios.

Mais de 2,1 milhões de doentes foram considerados curados.

Em Portugal, morreram 1.330 pessoas das 30.788 confirmadas como infetadas, e há 17.822 casos recuperados, de acordo com a Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

publicidade

Artigo anteriorComo lidar com a ansiedade em tempos de quarentena?
Próximo artigoAções de fogo controlado junto a Almagra e na Serra do Socorro
Agência Lusa
A Lusa é a maior produtora e distribuidora de notícias sobre Portugal e o mundo, em Língua Portuguesa. A Lusa acompanha a atualidade nacional e internacional a cada segundo, e distribui informação em texto, áudio, foto e vídeo. A rede Lusa de correspondentes cobre geograficamente todo o país e está presente em 29 de países do mundo.

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui