135 trabalhadores
publicidade

O município de Sobral de Monte Agraço e um laboratório de análises privado abriram na vila um centro de rastreio à covid-19, disse hoje o presidente desta autarquia do distrito de Lisboa.

“Até agora, os cidadãos iam fazer testes a Torres Vedras, Mafra ou a outro centro de rastreio próximo, onde houvesse vagas, e havia a necessidade de abrir um centro de rastreio no concelho”, explicou José Alberto Quintino à agência Lusa.

O centro de testes à covid-19 entrou em funcionamento na segunda-feira junto ao Mercado Municipal.

“Justifica-se porque só hoje foram testadas 25 pessoas, que não tiveram de se deslocar a outros concelhos”, exemplificou.

No âmbito da parceria, o município cedeu as instalações e o laboratório os meios humanos e técnicos, sendo os testes de rastreio pagos pelo Serviço Nacional de Saúde.

Os testes são apenas realizados a cidadãos sinalizados pelas autoridades de saúde.

Desde o início da pandemia, Sobral de Monte Agraço, no distrito de Lisboa, contabiliza 181 casos confirmados, dos quais 36 estão ativos, 140 recuperaram e cinco morreram, de acordo com o último boletim epidemiológico divulgado pela Comunidade Intermunicipal do Oeste, a que pertence o município.

Sobral de Monte Agraço, com cerca de 10 mil habitantes, está entre os concelhos de risco do país onde vigoram medidas restritivas de prevenção da covid-19, no âmbito do estado de emergência.

A pandemia de covid-19 provocou pelo menos 1.339.130 mortos resultantes de mais de 55,6 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 3.632 pessoas dos 236.015 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here