Covid-19: Surto em explorações hortofrutícolas de Torres Vedras passa de 23 para 32 infetados
publicidade

O surto de covid-19 entre trabalhadores de explorações agrícolas pertencentes a empresas hortofrutícolas de A-dos-Cunhados, no concelho de Torres Vedras, aumentou de 23 para 32 infetados, segundo o mais recente boletim epidemiológico municipal.

“O ‘cluster’ de casos de covid-19 associados a trabalhadores agrícolas apresenta 32 casos ativos de infeção por SARS-CoV-2, registando cinco novos casos confirmados”, refere o boletim, que acrescenta que “todos os casos ativos pertencem à União das Freguesias de A-dos-Cunhados e Maceira”.

Na segunda-feira, existiam 23 trabalhadores infetados associados a este surto.

Uma vez que os trabalhadores infetados são de nacionalidade estrangeira, e por partilharem as mesmas habitações, não tinham condições de ficar a recuperar em casa, pelo foram realojados pela Proteção Civil no Centro Diocesano e Espiritual do Turcifal, no mesmo concelho, disse fonte oficial do município.

Como forma de conter a propagação do novo coronavírus entre a comunidade, 135 trabalhadores foram transferidos para o Hotel Golf-Mar, em Porto Novo, para cumprirem isolamento profilático.

De acordo com o mais recente boletim epidemiológico, Torres Vedras, no distrito de Lisboa, possui 225 caos suspeitos a aguardar os resultados laboratoriais e 636 contactos sob vigilância ativa das autoridades de saúde.

A mesma fonte adiantou que a maioria deles estão associados ao surto nas explorações agrícolas.

Desde que a pandemia começou, Torres Vedras contabiliza 950 casos confirmados, dos quais 205 estão ativos, 727 recuperaram e 18 morreram, indica o boletim.

A pandemia de covid-19 provocou pelo menos 1.339.130 mortos resultantes de mais de 55,6 milhões de casos de infeção em todo o mundo, segundo um balanço feito pela agência francesa AFP.

Em Portugal, morreram 3.632 pessoas dos 236.015 casos de infeção confirmados, de acordo com o boletim mais recente da Direção-Geral da Saúde.

A doença é transmitida por um novo coronavírus detetado no final de dezembro de 2019, em Wuhan, uma cidade do centro da China.

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here