Covid-19: Torres Vedras isenta escolas de surf de taxas e autoriza aulas a partir de junho
publicidade

A câmara de Torres Vedras decidiu hoje isentar as escolas de surf do pagamento de taxas este ano para as compensar da paragem por causa da pandemia e autorizou o recomeço da sua atividade a partir de junho.

Na reunião pública de hoje, esta autarquia do distrito de Lisboa deliberou isentar as escolas de surf do pagamento da taxa referente à licença, até ao final da próxima época balnear.

Já tinha também isentado o pagamento de taxas associadas ao licenciamento de serviços e práticas desportivas e recreativas, nas zonas balneares, na época balnear 2020.

O município autorizou ainda as sete escolas de surf licenciadas a retomar a sua atividade em 01 de junho.

A câmara municipal aprovou também um programa de apoio financeiro extraordinário para garantir o regular funcionamento de serviços e respostas das instituições particulares de solidariedade social.

O programa conta com uma dotação de 100 mil euros, podendo cada instituição candidatar-se até um limite de 10 mil euros.

Na reunião de hoje, foi aprovada a contratação de um empréstimo de 1,6 milhões de euros para intervenções na rede viária municipal.

A autarquia decidiu também contrair outro empréstimo de 420 mil euros para financiar a reabilitação de dois edifícios na cidade destinados a residências universitárias, englobados no programa de apoio do IFRRU – Instrumento Financeiro para a Reabilitação e Revitalização Urbanas.

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here