publicidade

Cross de Matos Velhos

Domingo em Torres Vedras

É já no próximo domingo, a partir das 9h30, que o Parque Verde da Várzea servirá de palco a mais uma edição do Cross de Torres Vedras / 36.º Corta-Mato de Matos Velhos.

Esta competição, para além de contar com a presença de muitas das principais figuras do nosso atletismo, servirá para o responsável técnico de meio-fundo da FPA (Federação Portuguesa de Atletismo) observar os atletas juniores, que no próximo dia 10 de dezembro, em Šamorin (SVK), vão estar a representar Portugal no Campeonato Europeu de Cross Country.

Entre as principais figuras esperadas no domingo pontua o nome da agora atleta do Sporting CP, Inês Monteiro (vencedora em 2007 e 2016), que irá tentar o terceiro triunfo neste cross, algo só conseguido por três atletas – Aurora Cunha (1984, 1985 e 1986) e Sara Moreira (2008, 2012 e 2014), em femininos; e Riad Mohamed (1993, 1994 e 1995), em masculinos -, assim como uma importante delegação de atletas de primeiro plano do Sporting CP e do SL Benfica, para além das sempre interessantes equipas do SC Braga, CF “Os Belenenses”, FC Vizela, UD Várzea e Maia AC, equipas que também têm nos juniores fortes hipóteses de alguns dos seus atletas virem a ser selecionados para o Europeu.

A organização prevê cerca de uma centena de equipas na inscrição final e mais de um milhar de atletas.

Estão assim criadas excelentes condições para que a manhã do próximo domingo, dia 5 de novembro, seja propícia a uma grande jornada de cross e um grande espetáculo desportivo.

O Comité Organizador (Câmara Municipal de Torres Vedras – Grupo Desportivo de Matos Velhos – União Desportiva do Oeste) convida a população a estar presente neste evento, de forma a acompanhar ao vivo uma grande manifestação desportiva com atletas de gabarito internacional, com o registo de vários desses atletas já terem passado pelos Campeonatos da Europa, do Mundo e Jogos Olímpicos.

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.