publicidade

O presidente da União de Freguesias de A-dos-Cunhados/Maceira adiantou que não existe um prazo para o encerramento do posto dos CTT da vila, uma vez que vai ser gradual a transferência de serviços para um estabelecimento comercial privado “ao lado do atual posto”.

Os CTT vão encerrar o posto que têm há 53 anos na vila de A-dos-Cunhados, a sede da segunda maior freguesia do concelho de Torres Vedras, onde vão manter todos os serviços até agora prestados, confirmou na sexta-feira, 31 de agosto, a junta.

Questionado pela agência Lusa, o presidente da União de Freguesias de A-dos-Cunhados/Maceira, Nuno Cosme, confirmou que, no início de agosto, recebeu uma informação oficial dos CTT a comunicar a decisão.

“Não estou satisfeito [com a decisão], mas desde que os CTT mantenham todos os serviços ate agora prestados já minimiza” os eventuais transtornos à população, afirmou o autarca.

O presidente da junta disse que já reuniu com responsáveis regionais dos CTT, a quem manifestou a preocupação de “manter toda a prestação de serviços que o atual posto tem hoje” e de quem obteve essa garantia.

Nuno Cosme alertou que se trata do posto da sede da segunda maior freguesia do concelho, onde residem mais de 10 mil pessoas, número que mais do que duplica no verão.

Pelo menos quatro mil residem na vila de A-dos-Cunhados ou na localidade de Sobreiro Curso e servem-se do posto de correios da vila, por ser o mais perto.

Na freguesia estão sediadas grande parte das empresas hortofrutícolas.

O autarca adiantou que não existe um prazo para o encerramento do posto dos CTT da vila, uma vez que vai ser gradual a transferência de serviços para um estabelecimento comercial privado “ao lado do atual posto”.

O único funcionário do posto de correios deverá ser transferido para o de Torres Vedras, a sede do concelho.

Na freguesia existem delegações dos CTT na Maceira (a funcionar na delegação da junta de freguesia) e outro na Póvoa de Penafirme (a funcionar num estabelecimento comercia).

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.