Deposição de resíduos no Ecocentro de Torres Vedras aumentou em 2018
publicidade

Em relação a 2017, de realçar que aumentou a deposição de vidro, metal, monstros, resíduos elétricos e eletrónicos, madeira, resíduos verdes, resíduos de construção e demolição e colchões.

842.430 kg de resíduos foram depositados em 2018 no Ecocentro de Torres Vedras.

Esta quantidade corresponde a resíduos de construção e demolição (237.295 kg), monstros (212.400 kg), madeira (196.860 kg), papel/cartão (51.055 kg), plástico (37.787 kg), resíduos elétricos e eletrónicos (29.935 kg), metal (29.495 kg), resíduos verdes (21.615 kg), vidro (11.557 kg), colchões (8.725 kg), esferovite (5.181 kg), lâmpadas (325 kg) e óleos alimentares usados (200 kg).

De referir que fevereiro foi o mês em que se verificou maior quantidade de deposição de resíduos (128.380 kg), seguido dos meses de abril (77.790 kg) e setembro (75.715 kg).

Em relação a 2017, de realçar que aumentou a deposição de vidro, metal, monstros, resíduos elétricos e eletrónicos, madeira, resíduos verdes, resíduos de construção e demolição e colchões. De uma forma geral, verificou-se um aumento da deposição de resíduos no Ecocentro, já que no ano anterior a quantidade depositada foi de 522.762 kg.

Recorde-se que o Ecocentro de Torres Vedras localiza-se no Estaleiro Municipal, no Paul, estando aberto de segunda a sexta-feira, das 10h00 às 12h30 e das 13h30 às 18h00 e ao sábado das 10h00 às 14h00.

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here