As ondas gravitacionais, cuja existência o físico Einstein apontou há um século na sua Teoria da Relatividade, foram pela primeira vez detetadas de forma direta a 14 de setembro último, foi hoje anunciado.

Numa grande conferência de imprensa em Washington, os cientistas do Observatório Norte-Americano de Interferometria Laser (LIGO) puseram assim termo a meses de rumores e grande expectativa entre a comunidade científica perante uma descoberta que abre a porta à redescoberta do Universo, desta vez sem necessidade da luz.

Publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here