publicidade

11ª Edição da Reflorestação Nacional decorre em Torres Vedras entre 15 e 30 de novembro.

Esta é uma iniciativa que se realiza todos anos por altura da celebração do Dia da Floresta Autóctone

No âmbito desta iniciativa, a Câmara Municipal de Torres Vedras irá ceder até 25 árvores por participante, entre um total de 17 diferentes espécies autóctones. Tendo em conta a atual situação pandémica não serão dinamizadas outras atividades abertas à população, sendo as arborizações previstas para 2020 asseguradas pela Câmara Municipal de Torres Vedras.

Próximas datas:

Todos os munícipes, escolas, associações e juntas de freguesia, interessados terão direito a um máximo de 25 árvores, limitado ao stock existente, entre os limites das seguintes espécies:

  • 10 pinheiros mansos (Pinus pinea),
  • 1 alfarrobeira (Ceratonia siliqua),
  • 2 amieiro (Alnus glutinosa),
  • 4 carvalho-português (Quercus faginea),
  • 2 carvalho alvarinho (Quercus robur),
  • 4 sobreiro (Quercus suber),
  • 3 azinheira (Quercusrotundifólia),
  • 2 freixo (Fraxinus angustifolia),
  • 6 medronheiro (Arbutus unedo),
  • 1 cerejeira brava (Prunus avium),
  • 1 zambujeiro (Olea europea var. sylvestris),
  • 2 faia (Fagus sylvatica),
  • 1 nogueira (Juglans regia),
  • 2 teixo (Taxus baccata),
  • 2 plátano-bastardo (Acer pseudoplatanus),
  • 2 salgueiro branco (Salix alba),
  • 1 bétula (Betula L.).

Para proceder ao levantamento das plantas os interessados deverão dirigir-se aos Viveiros Municipais, nos horários indicados, devendo permanecer sempre na viatura, até lhe serem entregues as árvores. Para participar na atividade é obrigatório o uso de mascara. Recomenda-se que escolha previamente as plantas a requerer, tendo em conta os limites indicados. Alertamos que as árvores cedidas são jovens, devem ser plantadas no local definitivo num curto espaço de tempo.

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here