publicidade

Com o intuito de assinalar o Dia Mundial da Doença de Parkinson (11 de Abril), no próximo dia 8 de Abril, o Campus Neurológico irá realizar um evento alusivo à comemoração dos 200 anos do primeiro diagnóstico da Doença de Parkinson. Um momento apropriado para sublinhar o progresso na compreensão e avanços no tratamento desta doença, que afeta cerca de vinte mil pessoas em Portugal.

Este evento terá lugar no Parque Verde da Várzea, em Torres Vedras, com início às 9h00 da manhã, e conta com o patrocínio daSociedade Internacional para a Doença de Parkinson (MDS). Um peddy paper e uma aula de grupo são algumas das atividades programadas para este dia, com o intuito de salientar a importância de uma equipa multidisciplinar para a melhoria da qualidade de vida e autonomia dos doentes de Parkinson, bem como aproximar e consciencializar a comunidade em geral para a Doença de Parkinson.

O CNS tem todo o prazer em recebê-los nas atividades que temos planeadas para a celebração da data e, caso não haja interesse da vossa parte neste evento, estaremos sempre disponíveis para possíveis reportagens sobre os nossos programas de reabilitação intensivos, quer com utentes nacionais ou estrangeiros.

Criado em Setembro de 2013, o Campus Neurológico (CNS) é uma Unidade de Saúde com componente residencial, vocacionada para o tratamento das doenças neurológicas, que tem como principal objetivo melhorar a qualidade de vida e a autonomia dos seus doentes através da prestação de cuidados de saúde de excelência. Para tal, conta com um corpo clínico experiente e reconhecido internacionalmente, que utiliza as mais recentes técnicas com equipamentos de alta tecnologia.

O CNS nasceu de um projeto idealizado pelo prestigiado neurologista Joaquim Ferreira, atual presidente da Sociedade Portuguesa das Doenças do Movimento e Diretor da Secção Europeia da Sociedade Internacional de Doença de Parkinson e Doenças do Movimento (MDS-ES), que iniciou as suas atividades na área da doença de Parkinson ainda como aluno da Faculdade de Medicina e mantém, desde então, uma atividade continuada no acompanhamento de doentes parkinsonianos e na investigação desta doença.

A Doença de Parkinson afeta os movimentos corporais, conduzindo a tremores, rigidez, instabilidade na postura e a alterações na marcha.

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.