Dia para a Erradicação da Pobreza foi assinalado no concelho de Torres Vedras
publicidade

O concelho de Torres Vedras acolheu recentemente “Dia(s) de Erradicação da Pobreza”.

Tal aconteceu entre 14 e 19 de outubro, no âmbito de uma coorganização da Comunidade de Impacto Social | Território Impacto de Torres Vedras, Câmara Municipal e Rede Social de Torres Vedras – Comissões Sociais de Freguesia e Interfreguesias, tendo com essa iniciativa se pretendido comemorar o Dia Internacional para a Erradicação da Pobreza (17 de outubro).

Assim, entre os dias 14 e 18, à tarde, teve lugar na Escola 4G dos Campelos a atividade “Pobreza Não”, em que participaram 60 crianças e 12 seniores desta entidade, bem como 265 alunos dos centros educativos dos Campelos e do Outeiro da Cabeça, na qual foram decorados sacos de papel para o pão vendido pelo Centro Social Paroquial de Campelos, com mensagens/desenhos alusivos à referida efeméride.

No dia 17, quem, de resto, comprou pão nas lojas deste centro social (nos Campelos e Ramalhal) foi convidado a adquirir um pão extra para ser oferecido ou oferecer diretamente a outra pessoa. No total, foram doados 51 pães.

No dia seguinte, os utentes da Comunidade Vida e Paz da Residência Autónoma Partilhada de Torres Vedras auxiliaram na execução de pão produzido em parceria também com o Centro Social Paroquial de Campelos. Esse “Pão do Próximo” foi distribuído com os cabazes de produtos biológicos Frescos ComVida (venda online).

Já entre os dias 14 e 19, foi, por seu lado, levada a cabo a ação “Saúde para Todos”, no Centro Social Paroquial de S. Pedro e ao domicílio, por esta instituição, tendo no âmbito da mesma sido efetuados 36 rastreios e aconselhamentos de saúde.

Estes “Dia(s) de Erradicação da Pobreza” chegaram ao seu término com a exibição do filme Raiva, no dia 19, à noite, no edifício da Maceira da Junta da Freguesia da União das Freguesias de A dos Cunhados e Maceira, a que assistiram 59 participantes.

Para públicos mais específicos realizaram-se outras ações no âmbito da iniciativa, nomeadamente: a apresentação de um testemunho alusivo ao tema, proferido por Filipa Coelho (da delegação de Torres Vedras da Cruz Vermelha Portuguesa), na manhã do dia 14, no Externato de Penafirme, a que assistiram 267 alunos dos 9.º ao 12.º anos de escolaridade deste estabelecimento de ensino; também no mesmo, entre os dias 14 e 18, os cerca de 1.750 alunos desta instituição de ensino e da Seminfor construíram um planisfério com bandeiras alusivas ao tema da erradicação da pobreza; no mesmo período, igualmente no Externato de Penafirme, 177 alunos dos 9.º e 11.º anos de escolaridade construíram cubos alusivos aos Objetivos do Desenvolvimento Sustentável; e, também entre os dias 14 e 18, mas no Centro Educativo dos Campelos, realizou-se um conjunto de workshops subordinados ao tema “Combate ao desperdício alimentar”, dinamizados pela já referida Escola 4G, em que participaram 226 crianças do 1.º ciclo do ensino básico e ensino pré-escolar.

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here