publicidade

Semana INOV-E – Empreender em Torres Vedras teve a sua quinta edição

 Decorreu em Torres Vedras, de 6 a 9 de março, a quinta Semana INOV-E – Empreender em Torres Vedras, uma semana dedicada ao empreendedorismo e negócios.

Esta semana parte, recorde-se, do TORRES INOV-E, um programa de empreendedorismo com uma aposta clara na Economia Baseada no Conhecimento, o qual acolhe projetos e negócios assentes em ideias novas e diferenciadoras. Lançado em 2014, o TORRES INOV-E agrega atualmente cerca de 30 empresas nos seus diferentes eixos de atuação: TORRES INOV-E Centro CriativoTORRES INOV-E + Negócios e TORRES INOV-E Nuvem.

INOV-E – Empreender em Torres Vedras teve início com um OPEN DAY TORRES INOV-E, no dia 6 de março, onde alguns dos projetos do TORRES INOV-E estiveram de portas abertas e desenvolveram workshops e sessões de esclarecimento ao público.

No dia seguinte iniciou-se um ciclo de workshops que culminou no dia 9 de março com o tradicional dia a “9 é dia de INOV-E”.

Nesse âmbito abordaram-se diversas temáticas de interesse para empreendedores, investidores e para o tecido empresarial no geral.

Um deles intitulou-se “Como transformar a minha ideia num negócio?”, uma temática desenvolvida pelo Porta 20, que abordou os pontos chave para desenvolvimento de um projeto: produto/serviço, o mercado, atratabilidade, fatores competitivos e riscos. O Porta 20 é um projeto desenvolvido pela Confederação Portuguesa das Micro, Pequenas e Médias Empresas (CPPME), cofinanciado pelo Portugal 2020 e procura potenciar o apoio à geração de ideias inovadoras, a iniciativas empresariais e à criação de novas empresas.

Nesse mesmo dia, dia 7, foi também apresentado o Concurso de Negócios Oeste – Portugal 2018 que decorre de 6 de fevereiro a 23 de abril, com um valor monetário de 5.000€ em prémios.

Referência também para a sessão subordinada à temática “Qualificação e internacionalização de empresas”, realizada no dia 8, a qual foi dinamizada pela AIIE – Associação Internacionalização e Inteligência Económica. Tratou-se de uma sessão mais dedicada ao tecido empresarial já instalado no território, na qual se abordou os incentivos à qualificação e internacionalização de empresas, regulamento geral da proteção de dados e marketing digital.

Refira-se também a última sessão, que teve como temática “Viabilidade económica e financeira do meu projeto”, a qual foi dinamizada pelo Projeto Creative Village. Nesta sessão foram mais concretamente abordados temas como: finanças empresariais, tipos de investimento, programas e medidas de apoio, custo do capital, ciclo económico e ciclo financeiro, análise financeira, planeamento financeiro, avaliação de projetos e apresentações pitch.

Também no dia 9 a Associação Economia Solidária e Sustentável fez uma breve apresentação como agente local de Apoio Técnico à Criação de Emprego, por projetos desenvolvidos junto do Instituto de Emprego e Formação Profissional (IEFP).

De referir ainda que a incubadora TORRES INOV-E é agora acreditada para acolher as startups que beneficiarão dos Vales de Incubação, medida de apoio criada pelo Governo, os quais se inserem na estratégia nacional para o empreendedorismo. Esses projetos serão instalados no espaço Torres Vedras LabCenter, local de incubação física do TORRES INOV-E.

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.