Época Júnior Começou em Espanha
publicidade

A equipa júnior da Academia Joaquim Agostinho\UDO participou este sábado no 53º Circuito do Guadiana

A equipa júnior da Academia Joaquim Agostinho\UDO participou este sábado no 53º Circuito do Guadiana, prova com início e final em Don Benito, localidade da província espanhola de Badajoz.

Na competição que marcou a estreia da equipa em 2019, os ciclistas “torrienses” enfrentaram os melhores atletas espanhóis da categoria em duas voltas ao percurso num total e 88 quilómetros. 

Numa corrida que se manteve bastante agitada de início ao fim, os primeiros quilómetros começaram com o debutante Daniel Gonçalves a tomar a iniciativa numa fuga a solo que se viria a manter apenas por cinco quilómetros.

A primeira das duas grandes dificuldades do dia estava instalada ao quilómetro vinte e dois, onde os atletas tinham pela frente a carismática subida ao Alto de Magacela. A ascensão de cerca de dois quilómetros desenvolve-se pelas ruas estreitas da localidade com rampas finais a atingirem os 15% de inclinação e iria revelar-se decisiva para as contas finais da prova. 


O público concentra-se maioritariamente nesta zona que os espanhóis consideram uma das mais animadas passagens de toda a competição nacional e onde é muito importante entrar bem colocado para evitar constrangimentos. Foi precisamente antes desta zona que todas as aspirações da equipa caíram literalmente por terra, ao ficarem envolvidos numa queda que vitimou quatro elementos e deixaram os restantes muito mal colocados e longe da discussão da corrida.

Assim, André Silva em 58º, Henrique Frois 68º, Daniel Fortes 71º, Daniel Gonçalves 78º e Duarte Bento em 85º chegaram á meta envolvidos num segundo grupo, a 1 minuto e 56 segundos do vencedor, o espanhol Juan Rosal da Kometa Cycling Team.
Daniel Gonçalves, que fez a sua primeira prova enquanto júnior, considerou que “a este nível anda-se muito rápido, a colocação e concentração é fundamental. A margem de erro é muito reduzida mas o trabalho está a ser bem feito. Falta limar umas arestas na condição física e no trabalho coletivo, a época ainda agora começou. Saio motivado para continuar a trabalhar e no futuro poder ombrear com os melhores e servir a equipa o melhor possível.”

publicidade

DEIXE UMA RESPOSTA

Please enter your comment!
Please enter your name here